Salvador: Evento celebra 18 anos do Grupo GIA com performances na Prainha do MAM Bahia

Vista do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM Bahia).
Vista do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM Bahia).

A famosa ‘Prainha do MAM’ do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM – Av. Contorno, s/n°), em Salvador, sedia neste sábado (27/11/2021), às 13h, nas suas águas transparentes uma performance artística do Grupo de Interferência Ambiental (GIA) como celebração para os seus 18 anos de intervenções e produtos de arte. Logo depois, às 16h, o Grupo Gia fará mais performances no ‘Pátio da Mangueira’ – área central do MAM – e o primeiro lançamento presencial na Bahia da publicação ‘O Livro do GIA’.

A entrada para a Prainha do MAM só poderá ser feita através dos barcos da Comunidade do Unhão ao custo de aproximadamente R$ 5 por pessoa para os barqueiros e pescadores. Já o acesso ao Pátio da Mangueira é gratuito. O livro foi lançado virtualmente em maio na 12ª Bienal da UNE, no Teatro Oficina em São Paulo (http://youtube.com/uneoficial), mas este é o primeiro lançamento presencial. O MAM dispõe de mais de 15.000 m² de áreas livres à céu aberto o que possibilita circulação permanente de ar e distanciamento entre as pessoas.

De acordo com Everton Marco, integrante do Grupo GIA, a ideia é associar o lançamento a outros trabalhos já realizados por eles. “As pessoas podem e devem vir com roupa de banho para estar na água do mar com a gente”, lembra Everton. Depois do banho de mar, o grupo e o público seguem para o ‘Pátio da Mangueira’. “Vamos montar o ‘Caramujo’ com lona amarela, abaixo e no entorno colocaremos o nosso um tabuleiro de damas e abriremos 24 garrafas da nossa CervejaGIA que serão ofertadas ao público”, relata Everton. Além disso, será realizado um bingo e sorteios do livro do Grupo, do catálogo do MAM, objetos, pinturas e fotografias como prêmios para o público presente.

Espaço público

Formado pelos artistas visuais, designers, arte-educadores e músicos Cristiano Piton, Everton Marco, Luis Parras, Ludmila Britto, Mark Dayves, Tiago Ribeiro e Tininha Llanos, o GIA atua no encontro entre arte, espaço público e convivência. Além da amizade, os integrantes têm em comum admiração pelas linguagens artísticas contemporâneas e sua pluralidade.

O ‘Livro do GIA’ é um desejo antigo do grupo. Imagens de trabalhos do GIA nesses 18 anos, textos da curadora e ex-diretora do MAM-Bahia, a baiana Solange Farkas, além de Marcelo Campos, Clarissa Diniz e Marcelo Faria, são algumas das atrações da publicação. Letras de sambas, receitas e contos que formam um registro expandido das ações do grupo nessas quase duas décadas de trabalho, também compõem o livro.

Humor e cidade

Segundo os integrantes, a variedade é uma das características do GIA. “Existe uma dificuldade de categorização. Isso porque nós nunca nos preocupamos muito em imprimir no grupo um estilo único, embora muita gente tenha escrito que a precariedade, a informalidade e o humor sejam marcas registradas de nossas ações”, destaca a integrante Ludmila Britto.

Já para Luís Parras essa questão nunca foi muito relevante. “Tudo começou de forma muito espontânea e sem preocupações de definir um estilo ou uma forma rígida que caracterizasse o coletivo”, diz Parras. Eles também relembram a mudança de cenário: “a cidade de Salvador, quando começamos, é outra completamente diferente da que temos hoje”, finaliza Marcelo Terça-Nada!

O livro é lançado pela editora DUNA, com design de Iansã Negrão e Lia Cunha, produção de Thayná Mallmann e Patrícia Bssa. A publicação tem apoio financeiro do Estado da Bahia via Secretaria de Cultura e Fundação Cultural (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. Visite: @giabahia e https://issuu.com/arquivogia/docs/portif__lio_gia_atualizado. A entrada no MAM é gratuita. Informações: www.mam.ba.gov.br, redes sociais (instagram e facebook) ou telefone (71) 31176132 (9h às 12h e das 13h às 15h). O MAM é um equipamento da Secretaria de Cultura/IPAC.

Vista da prainha do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM Bahia), em Salvador.
Vista da prainha do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM Bahia), em Salvador.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120470 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.