Programa Educar para Trabalhar inicia aulas da segunda etapa e estudantes relatam perspectivas

Cursos estão distribuídos em 10 Eixos Tecnológicos, na modalidade EAD, de Formação Inicial e Continuada.
Cursos estão distribuídos em 10 Eixos Tecnológicos, na modalidade EAD, de Formação Inicial e Continuada.

O Programa Educar para Trabalhar iniciou, nesta segunda-feira (08/11/2021), as aulas da segunda etapa do programa que ofertou 43 cursos de qualificação profissional ministrados em parceria com o Sistema S, composto pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). Com o começo das aulas, estudantes já relatam as suas perspectivas nos cursos que visam promover a qualificação profissional, oferecendo oportunidades de aprendizagens e mais condições de inserção no mundo do trabalho. Esta fase ainda contará com uma segunda entrada de turmas, no dia 7 de fevereiro de 2022.

Para a estudante Geovana dos Santos, 18, que está fazendo o curso técnico de nível médio em Auxiliar Agropecuário, através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e reside em Teixeira de Freitas, o curso vai ampliar seus conhecimentos para a sua futura carreira. “O curso está sendo bastante interessante, pois pretendo fazer faculdade de Agronomia e os conteúdos vão me ajudar muito. Além disso, nos possibilita a inserção no mundo do trabalho”, afirmou.

Quem também está aproveitando o curso técnico de nível médio em Desenhista da Construção Civil, ofertado de forma gratuita por meio Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), é André Luís Luz Bandeira Júnior, 21, que mora em Salvador. “Eu estava ansioso para iniciar na área da Construção Civil e esta oportunidade que o SENAI e o Educar para Trabalhar me proporcionaram vai agregar muito ao meu currículo. O curso é excelente, assim como os tutores e mediadores. Estudamos com uma ótima plataforma de simples acesso e entendimento. Recomendo a todos a fazerem este curso”, disse.

Durante o ano de 2021, o Educar para Trabalhar ofertou 200 mil vagas, divididas em duas etapas. Os cursos estão distribuídos em 10 Eixos Tecnológicos, na modalidade Educação à Distância (EAD), de Formação Inicial e Continuada (FIC). A iniciativa integra as políticas públicas de assistência estudantil do Governo da Bahia, no âmbito do Programa Estado Solidário.

Sobre os cursos

Os cursos têm duração média de três a cinco meses e são ofertados, entre outros, para administrador de banco de dados; agente cultural; agente de gestão de resíduos sólidos; agente de informações turísticas; almoxarife de obras; assistente de logística; assistente financeiro; cerimonialista; desenvolvedor de jogos eletrônicos; organizador de eventos e produtor cultural.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116565 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.