Eleições OAB Bahia 2021: Dono de instituto que divulgou pesquisa favorável a Ana Patrícia é candidato na mesma chapa

Pesquisa sobre tendência de voto para presidência da OAB Bahia é questionada.
Pesquisa sobre tendência de voto para presidência da OAB Bahia é questionada.

Uma pesquisa divulgada em grupos de WhatsApp e publicada em redes sociais de candidatos da chapa de Ana Patrícia Dantas Leão, candidata a presidente da OAB Bahia, está tendo a credibilidade questionada por advogados que acompanham os bastidores das eleições da seccional, que acontecem no próximo dia 24. O primeiro ponto que chama a atenção é o fato de um dos sócios da empresa responsável pela pesquisa, Antônio Jorge Falcão Rios, ser candidato a conselheiro seccional na chapa de Ana Patrícia.

A empresa em questão é a Multiplier Assessoria em Desenvolvimento de Projetos LTDA, que tem sede no município de Pé de Serra, a 220 km de Salvador. É o próprio Antônio Jorge também quem assina o plano amostral da pesquisa, e não o estatístico responsável pela apuração dos dados.

Essa assinatura de um profissional estatístico é praxe na realização de pesquisas oficiais, sendo inclusive determinada pela resolução 23.600 de 2019 do Tribunal Superior Eleitoral em levantamentos que envolvem as eleições para o poder Executivo (municipal, estadual ou federal). Pela norma, nessas pesquisas, é necessário constar o nome do estatístico responsável, acompanhado de sua assinatura com certificação digital.

Além desses pontos, que causaram estranhamento entre advogados, uma das pesquisas realizadas pela Multiplier, e divulgada até mesmo por outros candidatos na chapa de Ana Patrícia nas redes sociais, apresenta divergências de dados entre o que foi protocolado na Comissão Eleitoral da OAB da Bahia e o que foi compartilhado.

A peça que se tornou pública faz referência à pesquisa 02/2021 e tem como data de registro 3 de novembro, com um número total de 806 entrevistados. No entanto, o documento protocolado na comissão da OAB da mesma pesquisa aponta data e números divergentes. A data de registro é de 13 de outubro, enquanto o número de entrevistados é de 404.

Há divergências também nas datas de realização do levantamento. Enquanto no material divulgado o período de apuração de respostas consta como de 29 de outubro a 1º de novembro de 2021, no documento protocolado na OAB o período registrado é de 8 a 10 de outubro.

Outro fato que chama a atenção é a ausência de nota fiscal, que comprova a contratação do instituto em questão para a realização do serviço. A justificativa oficial apresentada é que a própria Multiplier foi a contratante da pesquisa.

O provimento 146 de 2011, que regula as eleições do Sistema OAB, prevê que para divulgação de pesquisa é necessário registro prévio na Comissão Eleitoral da instituição, como, de fato, aconteceu. No entanto, conforme indicam os documentos, houve divergências entre o que foi oficializado e o que foi divulgado pelos candidatos da chapa de Ana Patrícia nas redes sociais.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116889 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.