Educadora FM celebra ‘Centenário de Riachão’ com programação especial

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Riachão, um dos sambistas mais importantes da Bahia, completaria 100 anos em 14 de novembro de 2021 e, para celebrar, a Educadora FM preparou uma programação especial.
Riachão, um dos sambistas mais importantes da Bahia, completaria 100 anos em 14 de novembro de 2021 e, para celebrar, a Educadora FM preparou uma programação especial.

Riachão, um dos sambistas mais importantes da Bahia, completaria 100 anos em 14 de novembro de 2021 e, para celebrar, a Educadora FM preparou uma programação especial. Começa nesta sexta, dia 12, com o programa Multicultura, repercutindo o relançamento do álbum ‘Humanenochum’, com clipe inédito da TVE, e anunciando a estreia do novo documentário “Riachão, o retrato fiel da Bahia”, também da TV pública da Bahia.

Neste sábado (13/11/2021), o programa “Samba” traz o repertório clássico do sambista, entre 11 e 14 horas. Já no domingo (14), o programa “Baião de Dois” e a “Sonosfera”, entre 14 e 18 horas, trazem blocos musicais dedicados ao sambista. A partir das 18 horas, a rádio pública coloca no ar uma entrevista-show realizada em 2002 pelo projeto “Terça da boa música”, da TVE, gravada no Teatro ACBEU.

O mestre do samba, mais conhecido como Riachão, foi registrado como Clementino Rodrigues e está na lista dos ícones do samba de raiz da Bahia. Nascido em 14 de novembro de 1921, no bairro do Garcia, em Salvador. Em versos e batuques populares, Riachão retratou o cotidiano do seu povo, ironizou a ditadura militar e viveu 98 anos muito bem vividos, até 2020.

A carreira de cantor e compositor foi inicialmente impulsionada pela “Era do Rádio” em Salvador e, depois, pelo reconhecimento de grandes nomes do samba e da MPB, como Dona Ivone Lara, Caetano Veloso, Gilberto Gil e Carlinhos Brown. Um dos álbuns mais cultuados de Riachão, “Humanenochum”, chegou a ser indicado ao Prêmio Grammy Latino. E, se não bastasse, Riachão também se enveredou pelas artes cênicas, atuando em filmes.

As homenagens para Riachão não param por aí, a TVE, emissora pública da Bahia, também lança no final do mês de novembro, um documentário comemorativo para os 100 anos de Riachão. Dirigido por Carolina Canguçu, com produção de Larissa Leão e roteiro de Silvana Moura, o filme reúne grande parte do acervo da emissora sobre o artista, entrevistas com personalidades, pesquisadores, amigos e familiares que conviveram com ele, além de encontros musicais entre sambistas baianos que cantam e tocam Riachão.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122986 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.