Coluna de Antonio José Larangeira de 16 de novembro de 2021

Antonia Carlinda e Suzana Barrreto, socialmente.
Antonia Carlinda e Suzana Barrreto, socialmente.

Nem Natal

Ao que tudo faz crer, este ano, o governo municipal, não deverá programar o evento Natal Encantado. A consequência maior da não realização, deve ser em virtude das despesas causadas pela pandemia, assim como evitar ainda aglomerações diante do Covid-19.

Capelão

O reconhecimento do exercício profissional de Capelão Civil foi aprovado, em primeira discussão, pela Câmara Municipal de Feira de Santana, na quinta-feira passada. A proposta, de autoria da vereadora Eremita Mota (PSDB), reconhece a atividade, que consiste em dar assistência espiritual em hospitais, presídios, orfanatos, asilos, creches, albergues, escolas, áreas militares, empresas e instituições governamentais, de forma voluntária ou realização de concurso para serviço prestado em instituição pública. O registro na Ordem dos Capelães do Brasil é requisito indispensável para a inscrição no concurso ou como emprego regido pela CLT, e a profissão tem afiliação deferida pelo O.C.B. devidamente registrado nos termos da lei. A formação do Capelão Civil será feita pelas entidades de Capelania credenciadas pela O.C.B.

Micareta

Mudança de data, alterações no cronograma da festa (com desfiles de trios e blocos começando mais cedo), ampliação do Esquenta Micareta com mais atrações estão entre as sugestões apresentadas pelos segmentos envolvidos na Micareta. O planejamento da festa, diante da possibilidade de realização em 2022, vem sendo discutido pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Segundo o titular da pasta, Jairo Carneiro Filho, a realização da festa  no próximo ano, aguarda posicionamentos das autoridades sanitárias que monitoram a retomada das atividades econômicas e culturais, em virtude da pandemia. Contudo, o secretário considera necessário antecipar as discussões entre o poder público e a sociedade civil para garantir a organização do evento. “O poder público se coloca à disposição para dialogar sobre a Micareta e estamos tendo o cuidado em debater com os setores envolvidos. No entanto, a festa só vai ocorrer quando tivermos segurança”, afirma ao observar que “esse será o grande evento que vai oxigenar o setor cultural”. As sugestões e demandas pontuadas serão encaminhadas ao prefeito Colbert Filho, a fim de contribuir em uma possível tomada de decisões.

Honorários

A bancada de oposição da Câmara Municipal de Feira de Santana, questiona quanto foi pago de honorários de sucumbência durante a vigência do decreto, publicado pelo prefeito Colbert Martins em Diário Oficial. Isto porque a Câmara rejeitou o projeto do Executivo que estabelecia tal pagamento, o que fez com que o Município editasse a medida por meio de decreto. Vale ressaltar que a Câmara aprovou um projeto que susta o efeito do decreto, não sendo mais possível que o Município realize tais pagamentos.

Secretaria de Educação Municipal Anaci Paim.
Secretaria de Educação Municipal Anaci Paim.
O aniversariante da semana que passou escritor e compositor Miltom Brito.
O aniversariante da semana que passou escritor e compositor Miltom Brito.
O expert em moda masculina Ademir Carvalho.
O expert em moda masculina Ademir Carvalho.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Antonio José Larangeira 3221 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: ajlarangeira2@hotmail.com.