Mais de 260 mil pessoas estão com doses da vacina contra a Covid-19 atrasadas, diz SMS de Salvador

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
SMS de Salvador alerta para a segunda dose da vacina contra a Covid-19.
SMS de Salvador alerta para a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Mais de 260 mil pessoas em Salvador ainda não tomaram a primeira dose contra a Covid-19, ou estão com a segunda e terceira doses atrasadas. Desse total, 87 mil pessoas fazem parte do público-alvo da estratégia de vacinação contra a Covid-19 (a partir dos 12 anos), outras 150 mil estão com a segunda dose atrasada. O dado tem preocupado as autoridades, visto que a pandemia ainda está em curso e que essas pessoas representam um risco de exposição para outras não imunizadas, a exemplo das crianças com idade abaixo de 12 anos, informou a Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS).

“Se eu não me vacino e eu tenho crianças em casa ou tenho contato com pessoas que não puderam receber a vacina por algum motivo, eu estou sendo um vetor de transmissão. Não podemos baixar a guarda ainda, em um cenário com mais de 150 mil pessoas com a segunda dose atrasada”, afirma a coordenadora de imunização do Município, Doiane Lemos.

Doiane acrescenta que é necessário que as pessoas se conscientizem e tenham esse cuidado consigo mesmas e com o coletivo. “Estamos vendo a redução do número de casos, de internações e de óbitos, reduções que estão sendo noticiadas diariamente. Esse resultado é uma consequência da vacinação, somada ao uso de máscara, ao ato de evitar as aglomerações e de tomar as medidas adequadas de higienização e distanciamento social. É importante priorizar a vacinação quando chegar a vez de tomar a primeira dose, assim como também é importante completar o esquema vacinal”.

Até esta quarta-feira (13/10/2021), 2,1 milhões de pessoas foram imunizadas com a primeira dose ou dose única da vacina contra a Covid-19; 1,3 milhão de cidadãos receberam a segunda dose e 105 mil receberam a dose de reforço na capital. Em relação à dose de reforço, o número de pessoas com atraso é de 28 mil.

Quem ainda está com alguma das doses da vacina faltando, deve consultar as redes sociais da Prefeitura ou o site Filômetro e se dirigir ao ponto de vacinação mais próximo, que esteja aplicando o imunizante, levando um documento de identificação com foto. Para quem vai tomar a segunda dose, é preciso levar também o cartão de vacina. Todos devem consultar se o nome está disponível no site.

Estratégia

A Prefeitura de Salvador adotou uma série de iniciativas para garantir agilidade e atendimento amplo à população, facilitando o acesso às vacinas. Pontos de drive-thru foram montados em locais como a Fonte Nova, faculdades Universo e Baiana de Medicina, 5º Centro de Saúde, Vila Militar, universidades Católica e Federal da Bahia e Parque de Exposições, para que as pessoas possam se vacinar sem descer dos seus veículos. Essa medida tem ajudado a reduzir as filas nos postos de vacinação de pedestres.

Além disso, nos meses de grande procura, foram realizados mutirões de vacinação, com uma média de 30 horas ininterruptas de aplicação das doses em toda a cidade. Também são feitos mutirões para otimizar a administração dos imunizantes e o serviço Vacina Express, para pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção, beneficiando cerca de 14 mil pessoas.

Adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, que ainda não se vacinaram, estão contando com a aplicação da primeira dose nas escolas da rede municipal. Além disso, pessoas que ainda não tinham feito a atualização do cadastro do Cartão SUS tiveram a oportunidade de se vacinar nas Prefeituras-bairro, no momento da atualização do cartão.

A tecnologia também passou a ser uma grande aliada no processo de vacinação, proporcionando mais agilidade e acesso em tempo real à informação, através de ferramentas como os sites Vacinômetro, Filômetro e Hora Marcada, e as redes sociais da Prefeitura e da SMS.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113497 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]