Presidente Jair Bolsonaro chega à embaixada do Brasil em Roma e terá apenas encontro com presidente italiano

Presidente Jair Bolsonaro para diante da embaixada brasileira em Roma para falar com apoiadores. Após participar das reuniões do G20, Bolsonaro vai visitar o vilarejo de seus ancestrais no norte do país.
Presidente Jair Bolsonaro para diante da embaixada brasileira em Roma para falar com apoiadores. Após participar das reuniões do G20, Bolsonaro vai visitar o vilarejo de seus ancestrais no norte do país.

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro (sem partido) desembarcou em Roma nesta sexta-feira (29/10/2021), onde participará da cúpula do G20. Bolsonaro ficará hospedado no Palácio Pamphilj, prédio que sedia a embaixada brasileira em Roma. Enquanto o presidente norte-americano, Joe Biden, encontra o primeiro-ministro e chefe de governo italiano, Mario Draghi, e o francês Emmanuel Macron, a única agenda do brasileiro nesta sexta será com o presidente italiano, Sergio Mattarela.

No início da tarde, Bolsonaro chegou à embaixada do Brasil e parou para falar com alguns apoiadores, que o aguardavam com bandeiras do Brasil e o chamavam de “Bolsomito”.

O presidente não respondeu a perguntas dos jornalistas que ali estavam, mas falou por alguns segundos com seus apoiadores. O presidente agradeceu o reconhecimento e lembrou que visitará na segunda-feira (1) o vilarejo de seu bisavô no norte da Itália.

“Eu vi pelo caminho que as pessoas reconhecem aqui a bandeira do Brasil. Estou muito feliz. Se Deus quiser, na segunda visitarei meus ancestrais”, afirmou.

Entre os apoiadores estava Jorge Antônio Ferreira, evangélico que mora em Roma e trazia, além da bandeira do Brasil, a de Israel.

Visita ao presidente italiano

Bolsonaro almoça na embaixada e só terá como compromisso nesta sexta-feira um encontro às 19h com o presidente italiano, Sergio Mattarela, que não lidera o governo da Itália, país parlamentarista.

O primeiro-ministro italiano Mario Draghi, ex-presidente do Banco Central Europeu e anfitrião da reunião do G20 só deverá encontrar o brasileiro durante o sábado, na reunião com o grupo. Nesta sexta, Draghi encontra individualmente Joe Biden, presidente dos Estados Unidos. Biden também conversará a sós com o francês Emmanuel Macron.

Na Itália até a terça-feira (2), Bolsonaro terá uma agenda com olhos voltados para o Brasil e seus eleitores, com visitas que fazem homenagem à família, à religião e aos militares.

Na segunda, ele vai à Anguillara Vêneta, cidadezinha com 4 mil habitantes na região do Veneto no nordeste da Itália, onde nasceu seu bisavô Vittorio Bolzonaro.

Na cidade, ele deve receber o título de Cidadão Honorário do município, dado pela prefeita Alessandra Buoso, da Liga, partido de extrema direita. O título tem causado protestos de políticos italianos, de religiosos católicos e de vários brasileiros que vivem na Itália.

De lá, ele segue para Pádua, onde pretende visitar a Basílica de Santo Antônio de Pádua. Contudo, seus planos podem mudar, já que a igreja divulgou nesta semana uma nota em que manifesta descontentamento com a concessão do título de cidadão honorário a Bolsonaro.

Na terça-feira, Bolsonaro viajará para Pistoia, onde participará da cerimônia em memória dos pracinhas brasileiros mortos na Segunda Guerra Mundial.

*Com informações de Gina Marques, correspondente da RFI em Roma.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116563 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.