“Precisamos aumentar a presença feminina nos espaços de poder para determos a violência de gênero”, disse deputada Lídice da Mata em encontro com mulheres em Salvador

Deputada Lídice da Mata participa de encontro com mulheres em Salvador, defende maior inserção feminina na atividade política e critica Governo Bolsonaro.
Deputada Lídice da Mata participa de encontro com mulheres em Salvador, defende maior inserção feminina na atividade política e critica Governo Bolsonaro.

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) participou, neste sábado (23/10/2021), de encontro com mulheres no bairro de Pau da Lima, em Salvador e defendeu a ampliação da presença feminina nos espaços de poder para eliminar o machismo e a violência de gênero. A atividade, de conscientização contra o câncer de mama, coordenada pelo professor de dança e líder comunitário Marcos Xavier também contou com a presença da deputada estadual Olívia Santana (PCdoB-BA), da psicóloga Vanessa Fürh e da enfermeira Janaína Araújo.

Lídice lembrou ainda de conquistas recentes como o projeto de dignidade menstrual, que prevê a distribuição gratuita de absorventes para mulheres em situação de pobreza e também de proposições que fez na Câmara dos Deputados como o Programa de Contratação de Mulheres de Baixa Renda Chefes de Família (PCMF), cujo objetivo é garantir incentivos fiscais a empresas que contratem mulheres nessas condições. A parlamentar recordou também da Lei Mariana Ferrer, para ampliar os direitos de proteção às mulheres ao punir quem constranger vítimas e testemunhas durante audiências e julgamentos e defendeu o estabelecimento de cotas para garantir maior presença feminina no Poder Legislativo.

No entanto, Lídice alertou sobre as dificuldades de ser mulher no Brasil e recordou os obstáculos que enfrentou, sobretudo como prefeita de Salvador.

“Foi muito difícil e a gente percebia a má vontade pelo simples fatos de ser mulher, mas se nos organizarmos para lutar, nos unirmos e termos um objetivo a gente consegue chegar lá. Por isso, as mulheres precisam estar juntas o tempo inteiro”, disse.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9744 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).