Feira de Santana: Parque da Lagoa é reaberto à comunidade

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Protocolos sanitários de prevenção à Covi-19 deverão ser respeitados pelo público para acesso ao Parque da Lagoa.
Protocolos sanitários de prevenção à Covi-19 deverão ser respeitados pelo público para acesso ao Parque da Lagoa.

O Parque Radialista Erivaldo Cerqueira (Parque da Lagoa), no Bairro Baraúnas, está de cara nova: mais bonito e convidativo pra receber os pequenos e adultos. Após o período fechado devido à pandemia da Covid-19, o equipamento municipal está pronto para ser reaberto à comunidade.

O espaço que foi revitalizado pela Prefeitura de Feira de Santana ganhou novas áreas de lazer e convivência. O Departamento de Áreas Verdes da Secretaria de Serviços Públicos (SESP) também executou melhorias na pista de cooper, com a implantação de drenos para evitar o acúmulo de água em períodos chuvosos.

O diretor de Áreas Verdes, João Falcão, informa ainda que foram implantadas rampas de acessibilidade para cadeirantes em vários espaços do parque, piso tátil, além de duas praças para acolher os visitantes.

“Em uma delas implantamos um pergolado, onde foram plantadas mudas de trepadeiras. Quando estiverem crescidas vão proporcionar sombra e chamar atenção pelas flores”, afirma. A praça dispõe ainda de piso intertravado e bancos.

Toda a vegetação indesejada no espelho d’água da lagoa do Geladinho foi retirada. Quem for ao parque, além de usufruir de um cenário acolhedor, tem contato com animais, como patos, gansos, galinhas, iguanas e cágados.

Protocolos sanitários de prevenção à Covi-19 deverão ser respeitados pelo público para acesso ao Parque da Lagoa.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10107 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).