Neoenergia Coelba intensifica fiscalização e remove 34 toneladas de cabos irregulares das Prestadoras de Telecomunicações na Bahia

Em levantamento feito pela concessionária Neoenergia Coelba, apenas 11% das empresas autorizadas pela Anatel a atuar no estado, mantém contrato de utilização dos postes da rede elétrica.
Em levantamento feito pela concessionária Neoenergia Coelba, apenas 11% das empresas autorizadas pela Anatel a atuar no estado, mantém contrato de utilização dos postes da rede elétrica.

No último ano, ordenar os cabos de telefonia e internet exigiu novas estratégias das distribuidoras de energia. Isso porque a demanda das Prestadoras de Telecomunicações de Pequeno Porte (PPPs) aumentou em 47% no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (ABRINT). Mais clientes, significa mais cabos lançados nos postes da rede elétrica. Por isso, a Neoenergia Coelba intensificou as operações para remoção das ocupações clandestinas ou que representam risco a segurança da população. Até setembro, foram retiradas mais de 34.7 toneladas de fiação.

Neste ano mais de 13 mil postes passaram por fiscalização, com remoção de irregularidades. O aumento no número de operações de autuação representou mais de cinco mil notificações emitidas para as operadoras. Em um levantamento feito pela concessionária, estima-se que apenas 11% das empresas autorizadas pela Anatel – a atuar no estado da Bahia, mantém contrato junto a concessionária para instalar seus equipamentos de forma regular nos postes.

A Neoenergia Coelba  promove iniciativas para a regularização das empresas de telecomunicações, a fim de garantir a segurança e ordenamento dos cabos. Uma delas é um canal de atendimento direto, pelo e-mail atendimentousomutuo.coelba@neoenergia.com , criado para que prestadoras que atuam, ainda, de forma irregular, possam se regularizar junto à concessionária. O processo de regularização –  que se inicia com a declaração de todos os postes já utilizados, é realizado online através do Geos, plataforma disponibilizada temporariamente para as operadoras em regularização.

A Neoenergia Coelba disponibilizou em seu site (www.neoenergiacoelba.com.br), na aba Atendimento -> Compartilhamento de Postes, uma página com as informações necessárias para dar início ao processo.

“Otimizamos todo o processo de regularização para garantir que prestadoras, de qualquer porte, ofereçam seus serviços sem colocar em risco a segurança da população. E que, consequentemente, tenham mais qualidade já que estarão de acordo com as determinações dos órgãos reguladores”, afirma Karin Barbosa, gerente de Processos de Rede da Neoenergia Coelba.

As operações de fiscalização da Neoenergia Coelba continuarão em todo o estado, com atenção aos polos regionais onde há maior concentração de provedores de pequeno porte, como Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Itabuna, Ilhéus e Vitória da Conquista.

Resolução determina o compartilhamento dos postes

O compartilhamento dos postes com as empresas de telefonia, internet e TV a cabo é determinado pelas Resoluções Conjuntas 001/1999 e 002/2001, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e Agência Nacional do Petróleo (ANP), 004/2014 da Aneel e Anatel e 797/2017, da Aneel. De acordo com as Resoluções, as empresas que utilizam os postes precisam estar regularizadas e atender à normas técnicas e comerciais específicas.

Sobre a Neoenergia Coelba

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, empresa da Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Neoenergia Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com mais de 6 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115121 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.