Dia D de multivacinação para crianças e adolescentes até 15 anos ocorre em Feira de Santana, informa SMS

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Todas as unidades de saúde da rede pública municipal estarão abastecidas para garantir a atualização da caderneta de vacinação.
Todas as unidades de saúde da rede pública municipal estarão abastecidas para garantir a atualização da caderneta de vacinação.

A Campanha de Multivacinação terá o dia D de mobilização neste sábado (16/10/2021), com aplicação das vacinas contra hepatite, sarampo, coqueluche, meningite, febre amarela, difteria e tétano para crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias), em Feira de Santana.

Todas as unidades de saúde da rede pública municipal estarão abastecidas para garantir a atualização da caderneta de vacinação. Serão 103 unidades disponíveis, tanto da zona urbana quanto rural, que vão funcionar das 8h às 17h. (confira a relação das unidades de saúde em anexo)

Para ser vacinado é necessário apresentar o documento de identidade, cartão do SUS e a caderneta de vacinação – a ausência desses documentos não impede a vacinação. Vale destacar que as crianças e adolescentes devem estar acompanhadas de um adulto responsável. A Campanha Nacional de Multivacinação iniciou no dia 1° e segue até a próxima quinta-feira, 21.

Orientação do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde (MS) chama a atenção dos pais e responsáveis sobre a necessidade de vacinar o maior número possível de crianças e adolescentes, adotando-se todas as medidas de proteção amplamente divulgadas contra a Covid-19, para diminuir o risco de contágio da doença tanto entre os trabalhadores da saúde e a população.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10094 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).