Davidson Magalhães é reeleito presidente do PCdoB na Bahia

Lideranças do PCdoB na Bahia comemoram eleição de Davidson Magalhães como presidente estadual da legenda.
Lideranças do PCdoB na Bahia comemoram eleição de Davidson Magalhães como presidente estadual da legenda.

O presidente estadual do PCdoB na Bahia, Davidson Magalhães, foi reconduzido ao cargo, neste domingo (03/10/2021), último dia da Conferência Estadual do Partido, que teve início na sexta-feira (1º). A decisão foi tomada pelos delegados e delegadas de todo estado, que elegeram ainda mais 119 nomes que vão compor o novo Comitê Estadual, para o biênio 2021/2023.

Após o anúncio do resultado, Davidson agradeceu à militância comunista pela confiança e afirmou que é com muita honra que reassume a presidência do PCdoB na Bahia, “a seção mais forte do país, uma seção que teve como marca importante a presença de Haroldo Lima, nosso ex-dirigente, ex-deputado que faleceu de Covid, e de Péricles de Souza”.

Na oportunidade, o presidente reeleito ainda destacou os desafios do próximo mandato, neste caminho para o centenário de fundação do PCdoB (1922-2022). Para ele, é preciso confirmar o Partido como uma das referências políticas do país na consolidação da democracia e na luta pela retomada do Brasil para os brasileiros e pela derrota da onda neofascista representada por Bolsonaro.

Além disso, Davidson também defendeu a necessidade de manter o PCdoB como um partido com protagonismo e amplitude política, enraizamento social, de militantes e vida orgânica. “São desafios para os próximos dois anos de mandato e o desafio nacional do nosso centenário. Não é à toa um partido chegar a 100 anos no Brasil, enfrentando duas ditaduras e estando presente nos grandes acontecimentos históricos do século passado e deste século”, disse.

O presidente do PCdoB-BA ainda destacou, na ocasião, a participação protagonista do partido no novo momento político do estado, a partir da eleição do ex-governador Jaques Wagner (PT). “O PCdoB tem dado uma contribuição quer na militância política, quer no governo, com secretários e dirigentes de estatais. É a nossa contribuição também para o povo baiano”, afirmou.

Os recentes resultados eleitorais e a atuação expressiva dos mandatos comunistas também foram destacados por Davidson Magalhães. “Tivemos uma grande vitória na última eleição e vamos, com nossos quatro deputados estaduais e dois federais, consolidar, ainda mais, a nossa presença institucional e no movimento social do nosso estado”, completou.

Diversidade

O novo Comitê Estadual eleito, a partir de uma proposta feita pela direção cessante, é composto por 120 integrantes e tem a marca da diversidade. Foi garantida a presença de lideranças de todo o estado e com atuação em diversas lutas, entre os movimentos indígena, de trabalhadores e trabalhadoras, ambientalista, de cultura, de combate ao racismo, LGBTQIA+ e de mulheres, entre outros.

O resultado da eleição do novo Comitê Estadual do PCdoB-BA garantiu também um avanço na participação de mulheres, que passou de 36%, no último biênio, para 45%, em uma tentativa de alcançar a paridade de gênero. Na gestão cessante, dos 101 integrantes, 37 eram mulheres; no novo, são 54, entre os 120 novos membros eleitos.

Segundo o vice-presidente do PCdoB-BA, Geraldo Galindo, existe um entendimento no coletivo partidário de que é preciso tornar, cada vez mais, igualitária a atuação comunista no estado. “A paridade [de gênero] nós vamos conquistando aos poucos. Na próxima conferência, já deveremos conseguir”, disse.

Mobilização

O encontro do PCdoB baiano é considerado exitoso porque foi fruto de um processo de pré-conferências em 174 municípios do estado, que elegeram cerca de 700 delegados e delegadas para a etapa estadual. Ao todo, foram mobilizados mais de 7 mil militantes comunistas da Bahia, durante a atividade.

Haroldo Vive

A Conferência do PCdoB-BA, que é preparatória para o 15º Congresso Nacional do Partido, marcado para os dias 15, 16 e 17, recebeu o nome de Haroldo Lima, em uma homenagem ao histórico dirigente comunista morto em fevereiro, uma das 600 mil vítimas da Covid-19 no país. O mote do evento foi ‘Derrotar Bolsonaro e construir o socialismo. Haroldo vive’.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116540 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.