PSL aprova por unanimidade convenção para oficializar fusão com DEM; Luciano Bivar e ACM Neto lideram fusão de partidos de direita que deu origem e suporte parlamentar ao Governo Bolsonaro

Luciano Bivar e ACM Neto lideram fusão de partidos de direita. PSL e DEM deram origem e suporte parlamentar ao Governo Bolsonaro. A estratégia dos partidos PSL e DEM é criar uma legenda que teria, em 2022, o maior fundo eleitoral e partidário do país, bem como o maior tempo de propaganda na televisão.
Luciano Bivar e ACM Neto lideram fusão de partidos de direita. PSL e DEM deram origem e suporte parlamentar ao Governo Bolsonaro. A estratégia dos partidos PSL e DEM é criar uma legenda que teria, em 2022, o maior fundo eleitoral e partidário do país, bem como o maior tempo de propaganda na televisão.

A executiva nacional do Partido Social Liberal (PSL) aprovou por unanimidade, em reunião realizada nesta terça-feira (28/09/2021), a convocação de uma convenção conjunta da sigla com o Democratas (DEM) para oficializar a fusão entre os dois partidos. O evento deve ocorrer em 6 de outubro.

Na semana passada, o DEM havia tomado decisão idêntica, também por unanimidade. A estratégia dos dois partidos é criar uma nova legenda que teria, em 2022, o maior fundo eleitoral e partidário do país, bem como o maior tempo de propaganda na televisão. A nova sigla deve lançar uma candidatura própria à Presidência da República no ano que vem.

“A aprovação por unanimidade para votar a fusão, tanto no PSL quanto no DEM, mostra que ambos os partidos estão empenhados em se unir para criar a maior legenda do Brasil, que certamente terá protagonismo em 2022. Agora é esperar a convenção conjunta, de PSL e DEM, para oficializar de vez esse casamento”, afirmou Antônio Rueda, vice-presidente nacional do PSL, ao jornal O Globo.

​A nova sigla deve ter um fundo partidário no valor de R$ 160 milhões. No entanto, a fusão não agrada alguns parlamentares. Vereador pelo Rio de Janeiro e pai do deputado federal Rodrigo Maia, Cesar Maia já sinalizou que deve procurar uma nova legenda.

A eventual fusão também deve fazer com que o apresentador José Luiz Datena, que se filiou recentemente ao PSL, procure uma nova sigla.

Eleições 2022

Comentários políticos indicam desejo dos apoiadores do bolsonarismo formado com a fusão entre PSL e DEM em apresentar chapa formada por Luiz Henrique Mandetta e Sérgio Moro na disputa pela presidência da República em 2022. Ambos, são ex-ministros do Governo Bolsonaro e apoiaram ações e políticas do extremismo.

*Com informações da Sputnik Brasil.

Leia +

Presidente Jair Bolsonaro ‘bancou’ repasses à Luciano Bivar para entrar no PSL, diz Bebianno à Polícia Federal

Ex-prefeito ACM Neto reafirma apoio ao projeto de poder do extremista Jair Bolsonaro e trai liderança do deputado Rodrigo Maia; Magalhista tem vínculo com Golpes

Aliança entre Bolsonaro e DEM, de ACM Neto, trouxe fantasma da fome de volta ao Brasil, afirma deputado Robinson Almeida

ACM Neto perdeu aliados, se juntou a Jair Bolsonaro e matou o partido do avô, comenta Éden Valadares

Eleições 2018: ACM Neto declara apoio a Jair Bolsonaro e destaca crescimento do Democratas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116563 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.