Fiocruz é escolhida pela Opas para produzir vacinas de mRNA

Produção no Brasil e Argentina deve beneficiar toda a região das Américas. Organização Pan-Americana da Saúde, braço da OMS, indicou a Fundação Oswaldo Cruz por sua “longa tradição na fabricação de vacinas e avanços no desenvolvimento de um imunizante contra a Covid-19; Opas selecionou também empresa do setor privado da Argentina.
Produção no Brasil e Argentina deve beneficiar toda a região das Américas. Organização Pan-Americana da Saúde, braço da OMS, indicou a Fundação Oswaldo Cruz por sua “longa tradição na fabricação de vacinas e avanços no desenvolvimento de um imunizante contra a Covid-19; Opas selecionou também empresa do setor privado da Argentina.

A Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, anunciou esta semana ter escolhido dois centros, um na Argentina e outro no Brasil, para o desenvolvimento e produção de vacinas de mRNA.

A meta é ampliar o combate à Covid-19 na América Latina e a outros desafios futuros ligados a doenças infecciosas. O Instituto de Tecnologia Bio-Manguinhos da Fundação Oswaldo Cruz, foi o centro selecionado no Brasil.

Inovação

A Opas destaca que a Fiocruz “tem uma longa tradição na fabricação de vacinas e tem feito avanços promissores no desenvolvimento de uma vacina de mRNA inovadora” para combater o coronavírus.

Na Argentina, a Opas escolheu uma biofarmacêutica do setor privado, a Sinergium Biotech, pela experiência na produção e desenvolvimento de vacinas e de medicamentos com biotecnologia.

Casos e mortes

Ao fazer o anúncio, o diretor-assistente da Opas, Jarbas Barbosa, declarou que existe muito trabalho pela frente, mas que a agência tem a “convicção de que esse esforço resultará num acesso às vacinas nas Américas que é oportuno e justo, uma vez que a região é uma das mais afetadas pela pandemia.

A Opas revela que já foram registrados mais de 88 milhões de casos de Covid-19 nas Américas, sendo que 2,1 milhões de pacientes morreram. A distribuição do imunizante continua sendo desigual, com poucos países alcançando a meta de vacinar, ainda neste ano, 40% da população.

*Com informações da ONU News.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116841 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.