Saúde em Feira de Santana: do recém-nascido ao idoso, R$ 160 milhões foram investidos em 14 anos pelo Governo Rui Costa

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Instalado em uma área de 25 mil metros quadrados, o Hospital Geral Clériston Andrade 2 recebeu investimentos da ordem de R$ 60 milhões.
Instalado em uma área de 25 mil metros quadrados, o Hospital Geral Clériston Andrade 2 recebeu investimentos da ordem de R$ 60 milhões.

Um investimento superior a R$ 160 milhões garante a saúde do recém-nascido ao idoso, na região de Feira de Santana. Nos últimos 14 anos, foi implantado no município um complexo de saúde de excelência, o maior do interior da Bahia, com tecnologia de ponta, que inclui o Hospital Geral Clériston Andrade 2 (HGCA2), a Policlínica Regional de Saúde, o Hospital Estadual da Criança, com a nova UPA, e ainda a nova unidade de Urgência e Emergência no HGCA. Feira de Santana presta assistência a uma população superior a um milhão de baianos, moradores de mais 126 municípios.

Nas ruas de Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, os moradores percebem a evolução da assistência à saúde nos últimos 14 anos. A vendedora autônoma Vera Lúcia Souza Estrela, 54 anos, é uma dessas pessoas que se sentem mais bem assistidas. “Melhorou muita coisa. O Clériston mesmo era muito pequeno, e ali pega todas as regiões de Feira de Santana. Hoje tem muitas vagas para as pessoas, principalmente agora com a Covid-19, além dos outros tipos de doenças”.

Instalado em uma área de 25 mil metros quadrados, o Hospital Geral Clériston Andrade 2 recebeu investimentos da ordem de R$ 60 milhões. A nova unidade possui 40 leitos de UTI, centro cirúrgico com 11 salas de cirurgias e outras três para procedimentos invasivos, além de um Centro de Hemorragia Digestiva e um setor de bioimagem. O HGCA 2 é considerado um prédio ‘verde’, com certificação de eficiência energética e biossegurança. Outro diferencial é a informatização, em que os prontuários eletrônicos substituem o papel.

A unidade foi inaugurada antecipadamente, em julho de 2020, ainda com parte da sua estrutura fora de operação. Segundo uma das coordenadoras das UTIs Covid-19, Renata Nunes, “com a pandemia e o número de pacientes de UTI crescendo absurdamente, foi necessário abrir às pressas. Nós tivemos mais de 1,2 mil pacientes assistidos na unidade. Entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, equipe de serviços gerais e de segurança, são cerca de 500 colaboradores”. Em funcionamento ainda parcial, o HGCA 2 vai entrar em operação total em breve.

Nova emergência

A nova emergência do HGCA, reinaugurada em julho de 2018, aumentou a capacidade em aproximadamente 50%. Foram investidos na obra cerca de R$ 10 milhões. De acordo com o diretor-geral do Clériston Andrade, José Carlos Pitangueiras, a nova emergência atende uma média de 160 pacientes por dia.

“Temos sala para procedimentos invasivos, sete leitos de emergência para adultos, sala de estabilização com 16 leitos, sete salas de exames diferenciados, ortopedia e pediatria. Temos quarto de isolamento adulto, uma sala coletiva de observação adulto com 35 leitos, uma sala de ortotrauma com 16 leitos e dois postos de enfermagem. Uma estrutura dessas, pelo SUS, no interior da Bahia, só existe aqui no Clériston 2”, explica o diretor-geral.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113599 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]