PSB Bahia apresenta propostas da Autorreforma em evento virtual com presidente nacional

Documento do PSB Bahia traz cinco eixos temáticos prioritários das teses de Autorreforma.
Documento do PSB Bahia traz cinco eixos temáticos prioritários das teses de Autorreforma.

Apresentar e discutir propostas para construção da Autorreforma do PSB e o Novo Programa de Partido, juntamente com integrantes e militância socialista da Bahia, é o objetivo do encontro virtual, que será realizado na próxima segunda-feira (30/08/2021). O debate contará com a participação do presidente nacional, Carlos Siqueira; da líder estadual, deputada federal Lídice da Mata, e do integrante da Executiva Nacional, Domingos Leonelli. A transmissão será às 19h, por meio da plataforma Zoom Meeting.

A presidente estadual do PSB Bahia considera que esse é um momento importante para apresentação e discussão do tema, “visto que estamos vivenciando um momento crítico e caótico na política brasileira, com um genocida e antidemocrático presidente à frente do Brasil. A Autorreforma será um meio de transformação política e que abre espaço para novas perspectivas para o progresso do País”, disse Lidice da Mata.

“A Autorreforma é o processo que o Partido Socialista Brasileiro decidiu reinventar por iniciativa do presidente nacional Carlos Siqueira, para a construção de um Novo Programa de Partido. Um processo  profundamente democrático, posto que as teses, que serão apresentadas em abril de 2022, estão sendo discutidas desde a primeira Conferência da Autorreforma, em 2019, no Rio de Janeiro. Uma proposta que tem sido considerada por economistas, cientistas políticos e universitários como uma das mais avançadas no país”, informou Domingos Leonelli.

O presidente nacional destaca que a necessidade do Partido de construir sua própria Autorreforma surgiu a partir de um diagnóstico da crise do sistema político do Brasil. “O sistema político brasileiro chegou ao seu esgotamento. E a eleição de um presidente da República como o atual, que nega a política e a democracia, é um sintoma claro disso. A partir dessa constatação, o PSB considerou que não podia esperar pelo reordenamento do sistema político. A principal tarefa de um partido progressista, na nossa opinião, é fazer a sua própria autorreforma e contribuir para a mudança”, detalhou Carlos Siqueira.

A proposta que o PSB apresenta evidencia a importância para a Educação Pública de qualidade, inclusiva e para a construção de um Projeto Nacional de Desenvolvimento, que se baseia em conceitos fundamentais do século 21. Entre eles, a Inovação e Revolução Tecnológica, Economia Criativa e a proposta da “Amazônia 4.0” (a transformação da região por meio da tecnologia e da biodiversidade).

Desafios da Autorreforma

Com problemas relacionados à igualdade, justiça, liberdade e participação, Siqueira considera que é necessário o PSB elaborar novas formas de organização de atores e projetos, capazes de instaurar mudanças estruturais na sociedade. Ele informa que, até abril de 2022, um novo programa de manifesto partidário será construído com a participação de socialistas do país inteiro, com contribuições de acadêmicos, militantes sociais e setores variados da sociedade civil.

“Precisamos nos preparar para dizer o que pretendemos fazer com os problemas graves do país, do ponto de vista econômico, social, ambiental e tantos outros que estamos passando, e que não serão resolvidos com facilidade. Ou seja, esperamos que esses problemas sejam enfrentados. Mas penso que dificilmente as forças conservadoras conseguirão enfrentá-los de maneira adequada”, analisou o presidente nacional do PSB

Livro de teses

O PSB lançou o quinto livro com 442 teses, divididas em cinco eixos temáticos. O documento-base, lançado em 2019, tem recebido contribuições nas suas diversas versões. Até 2022, as teses seguem sendo discutidas com contribuições. Em abril do próximo ano, o PSB colocará em votação a versão final durante seu Congresso Nacional.

Entre os cinco principais eixos temáticos das teses de Autorreforma, estão:

1)Reforma Política: a crise do sistema partidário, a Reforma do Estado, a Reforma Tributária/Fiscal e os desafios da Política Externa Brasileira;

2) Desenvolvimento, Cultura e Meio Ambiente: políticas para a Amazônia, economia verde, empregos verdes e cultura/diversidade/criatividade;

3) Políticas Sociais: saúde pública, educação pública, mulheres na política, negritude, seguridade social, idosos, segurança pública, reforma agrária e reforma urbana criativa;

4) Economia: macroeconomia, inovação tecnológica, economia criativa e trabalho.

5) Socialismo e Democracia: socialismo criativo, movimentos sociais, partido laico, comunicação em rede e autorreforma.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116920 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.