Mulheres rurais do Recôncavo da Bahia participam de oficinas de Economia Solidária

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Mulheres de comunidades rurais do Recôncavo Baiano participaram da Oficina de Economia Feminista Solidária.
Mulheres de comunidades rurais do Recôncavo Baiano participaram da Oficina de Economia Feminista Solidária.

Mulheres de comunidades rurais do Recôncavo Baiano participaram da Oficina de Economia Feminista Solidária. A iniciativa integra o cronograma de execução da prestação de assistência técnica e extensão rural (Ater) prestada pelo Governo do Estado a um total de 540 mulheres de comunidades rurais do Recôncavo Baiano.

As oficinas, realizadas de forma dinâmica e participativa, com debates sobre o tema proposto, foram realizadas para mulheres das comunidades do Carpina, em Governador Mangabeira; da Copioba, em São Felipe; e a comunidade da Canabrava, em Sapeaçu.

A ação é realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Social e Agrário do Semiárido (Idesa), via Chamada Pública Ater Mulher, da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Por meio do Ater Mulher, as prestadoras de Ater contratadas realizam um acompanhamento diferenciado, contextualizado e participativo, voltado para as mulheres rurais. Dentre as atividades da equipe técnica, é feito o acompanhamento nas unidades de produção familiar e realizadas atividades coletivas de socialização, entre outras.

Girlene Barbosa, da comunidade Copioba, município de São Felipe, explica que trabalha na lavoura, no beneficiamento da mandioca e contribui com as despesas da casa. Ela fala das atividades coletivas realizadas no âmbito do Ater Mulher e explica a utilização de ferramentas como a FOFA: “Nós falamos das fortalezas, oportunidades, fraquezas e ameaças. Eu faço cocadas de aipim e gostaria de ter um rótulo e comercializar. Esse projeto (Ater Mulher) é importante para nós, pois todos nós precisamos de uma oportunidade e é o que nós estamos procurando”.

A técnica do IDESA, Maria Gilcilene, afirma que o Ater Mulher é um projeto de Ater exclusivamente voltado para as mulheres rurais, em que são trabalhados aspectos que precisam ser melhorados nas comunidades, tanto na agricultura, quanto no social, incluindo, do plantio à organização produtiva, e a utilização de recursos naturais, para as mulheres conquistarem melhor qualidade de vida: “Com essas atividades participativas e o diálogo, surgiu a necessidade de acessar mais políticas públicas, buscar comercialização para os produtos. Porque riqueza tem. Tudo que elas fazem, fazem com amor e bem-feito”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122986 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.