Em Brasília, indígenas protestam contra o marco temporal e o PL 490 que demarca terras dos povos originários

Em Brasília, indígenas protestam contra o marco temporal e o PL 490 que demarca terras dos povos originários

Acampados na Esplanada dos Ministérios, cerca de 6 mil indígenas de 170 povos manifestam-se contra o marco temporal, que pode ser julgado pelo STF nesta quarta e definir o futuro das demarcações de terras no Brasil. Em Brasília, indígenas também denunciam o “agravamento das violências contra os povos originários”.

Acampados na Esplanada dos Ministérios, cerca de 6 mil indígenas de 170 povos manifestam-se contra o marco temporal, que pode ser julgado pelo STF nesta quarta e definir o futuro das demarcações de terras no Brasil. Em Brasília, indígenas também denunciam o “agravamento das violências contra os povos originários”.