Forte terremoto atinge o oeste de Haiti; Abalo sísmico também foi sentido na República Dominicana, Cuba e Jamaica

A capital Porto Príncipe. Haiti ainda tenta se recuperar de terremoto que devastou o país em 2010. Tremor de magnitude 7,2 gera alerta de tsunami na região.
A capital Porto Príncipe. Haiti ainda tenta se recuperar de terremoto que devastou o país em 2010. Tremor de magnitude 7,2 gera alerta de tsunami na região.

Um terremoto de magnitude 7,2 atingiu o Haiti neste sábado (14/08/2021), segundo informações do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). O tremor gerou um alerta de tsunami e danificou edifícios no oeste do país caribenho. Segundo as autoridades do país, há registro de pelo menos 29 mortes até o momento.

O tremor, que ocorreu por volta de 8h30 no horário local (9h30 em Brasília) também foi sentido na República Dominicana, Cuba e Jamaica.

O epicentro do terremoto foi identificado a 8 quilômetros da cidade de Petit Trou de Nippes (no oeste do país), a cerca de 160 quilômetros da capital Porto Príncipe, e a uma profundidade de 10 km.

O Centro Sismológico Euro-Mediterrâneo (EMSC) também relatou um terremoto na região, apontando que uma magnitude de 7,6. Já o centro sismológico de Cuba disse que registrou magnitude de 7,4. Na escala Richter, terremotos de magnitude superior 7,0 são considerando grandes e podem provocar devastação em vastas áreas.

Segundo informações preliminares, o terremoto danificou escolas e casas na península sudoeste do Haiti. Moradores compartilharam imagens nas redes sociais que mostram ruínas de edifícios de concreto, incluindo uma igreja na cidade de Les Anglais.

O USGS disse que, pela escala do tremor, ondas de até três metros podem vir a atingir a costa do Haiti.

Naomi Verneus, uma moradora de 34 anos de Porto Príncipe, descreveu como sentiu o tremor. “Acordei e não tive tempo de calçar os sapatos. Nós vivemos o terremoto de 2010 e tudo o que consegui fazer foi correr”, disse Verneus.

Um terremoto de magnitude 7,0 em janeiro de 2010 destruiu grande parte de Porto Príncipe e outras cidades, matando mais de 100.000 pessoas e ferindo cerca de 300.000.

Mais de um milhão e meio de haitianos ficaram desabrigados, deixando as autoridades da ilha e a comunidade humanitária internacional com um desafio colossal em um país que carece de um cadastro ou de códigos de construção.

*com informações do DW.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116604 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.