Almirante Almir Garnier destaca vitória de Ana Marcela Cunha durante os Jogos Olímpicos de Tóquio; Atleta é 3ª Sargento da Marinha do Brasil e ganhou medalha de ouro na maratona aquática

Atleta Ana Marcela Cunha recebe homenagens pela vitória em 1º lugar da maratona aquática dos Jogos Olímpicos de Tóquio.
Atleta Ana Marcela Cunha recebe homenagens pela vitória em 1º lugar da maratona aquática dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O comandante da Marinha do Brasil, almirante de esquadra Almir Garnier e o vice-almirante Humberto Caldas, comandante do 2º Distrito Naval (2º DN) felicitaram, nesta quarta-feira (04/08/2021), a atleta Ana Marcela Cunha pelo 1º lugar na prova dos 10 km da maratona aquática dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

“Parabéns à 3° Sargento da Marinha e minha conterrânea baiana Ana Marcela (@anamarcela92), pela conquista da medalha de ouro na maratona aquática das Olimpíadas de Tóquio. Medalha de primeiro lugar”, publicou no Twitter o almirante Almir Garnier.

“Nadadora do Programa Olímpico da Marinha, Ana Marcela teve suas habilidades forjadas nas águas da Baía de Todos os Santos, berço da nossa nacionalidade e local do batismo de fogo da nossa primeira Esquadra, durante as lutas pela Independência do Brasil”, concluiu.

Outras homenagens

Além do comandante da Marinha Almir Garnier e do comandante do 2º DN Humberto Caldas, prestaram homenagem à campeã olímpica, Nelson José de Carvalho, diretor da Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia) e comendador benemérito da Venerável Irmandade do Senhor do Bonfim; Marcelo Sacramento, empresário, vice-presidente do jornal Tribuna da Bahia e Cônsul Honorário do Benin; e Glicerio Lemos, cônsul honorário da Guatemala.

Histórico da performance

Aos 29 anos, Ana Marcela cravou o tempo de 1h59min30s8, durante a competição na Baía de Tóquio. A medalha de ouro foi entregue no Odaiba Marine Park, nesta terça-feira (03).

Ela foi eleita seis vezes a melhor atleta do mundo em maratonas aquáticas e em 14 de junho de 2021, conquistou a medalha de ouro no Campeonato Italiano Absoluto de Águas Abertas, em Piombino, na região da Toscana da Itália. Além disso, é tetracampeã mundial em provas de 25 km (2011, 2015, 2017 e 2019) e campeã pan-americana em Lima (2019) na prova de 10 km.

Natural de Salvador, capital da Bahia, a campeã olímpica ocupa a função de 3º Sargento da Marinha do Brasil, no Comando do Distrito Naval do Rio de Janeiro.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9967 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).