Prefeitura de Feira de Santana vai punir responsáveis por festa clandestina, diz Governo Colbert Martins

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
As equipes da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) e da Polícia Militar encontraram, pelo menos, 800 pessoas, sem máscaras e aglomeradas, em uma chácara particular na Avenida Noide Cerqueira.
As equipes da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) e da Polícia Militar encontraram, pelo menos, 800 pessoas, sem máscaras e aglomeradas, em uma chácara particular na Avenida Noide Cerqueira.

A Prefeitura de Feira de Santana vai identificar e responsabilizar os autores que promoveram uma festa clandestina realizada no último sábado (10/07/2021), descumprindo as determinações legais sanitárias estabelecidas pelo poder público no enfrentamento ao coronavírus.

As equipes da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) e da Polícia Militar encontraram, pelo menos, 800 pessoas, sem máscaras e aglomeradas, em uma chácara particular na Avenida Noide Cerqueira.

Segundo o superintendente do PROCON, também integrante da FPI, Maurício Carvalho, quando as equipes chegaram ao local todos organizadores evadiram-se.

O superintendente afirma que serão feitas mobilizações para identificar os autores e sancionar as medidas punitivas, tanto para o proprietário da área quanto para quem promoveu irregularmente o evento.

Crime de desobediência

“A situação configura crime de desobediência e vamos punir com todas as medidas legais, explica. Ainda de acordo com Maurício Carvalho, a evacuação ordenada durou em torno de uma hora.

Outras fiscalizações ocorreram no final de semana, com fechamento de outros estabelecimentos, principalmente na praça de alimentação da avenida Getúlio Vargas. Os comerciantes descumpriam o horário de funcionamento do decreto municipal.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113758 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]