Maioria da população avalia extremista Jair Bolsonaro como desonesto e incompetente, revela pesquisa Datafolha

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Pesquisa do Datafolha aponta que percepção negativa sobre o extremista Jair Bolsonaro aumentou em vários quesitos. Maior parte dos entrevistados também o considera despreparado, indeciso, falso e autoritário.
Pesquisa do Datafolha aponta que percepção negativa sobre o extremista Jair Bolsonaro aumentou em vários quesitos. Maior parte dos entrevistados também o considera despreparado, indeciso, falso e autoritário.

Além de apontar que a reprovação ao governo Jair Bolsonaro atingiu a marca recorde de 51%, uma pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (08/07/2021) indicou que a maioria dos brasileiros considera o presidente desonesto, incompetente, despreparado, indeciso, falso e autoritário.

Segundo o Datafolha, a pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 8 de julho e já mede o impacto dos supostos casos de corrupção que vêm pressionando o governo, entre eles compras suspeitas de vacinas, que levaram à abertura de um inquérito para investigar Bolsonaro por prevaricação.

Enquanto há um ano, em junho de 2020, a maioria (48%) considerava o presidente honesto, agora a maior parte (52%) o vê como desonesto, 12 pontos percentuais a mais do que em meados do ano passado. Ao mesmo tempo, a parcela dos que enxergam a conduta de Bolsonaro como honesta caiu de 48% para 38%.

A percepção em relação à competência do mandatário também pirou desde junho de 2020, com a parcela que acha que ele é incompetente saltando de 52% para 58%. Os que o veem como competente caíram de 44% para 36%.

Além disso, aumentou a parcela dos que consideram Bolsonaro despreparado (62%, contra 58% em junho de 2020); indeciso (57%, contra 53% junho de 2020); falso (55%, contra 46% em junho de 2020); e autoritário (66%, contra 64% em junho de 2020).

Ainda segundo o levantamento, a maioria (66%) considera que o presidente respeita mais os ricos que os pobres e é pouco inteligente (57%), ante 58% e 54% em junho de 2020, respectivamente.

O Datafolha ouviu 2.074 pessoas acima de 16 anos em 146 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou menos.

“Caguei para a CPI”

A aprovação ao governo está em queda desde o início de dezembro do ano passado, quando alcançou o maior patamar (37%). A satisfação com a gestão de Bolsonaro passou a cair com o agravamento da epidemia de covid-19 no país, o colapso do sistema hospitalar em diversos estados e a lentidão da campanha de vacinação.

A gestão de Bolsonaro na pandemia é atualmente alvo de uma CPI no Senado, que investiga possíveis ações e omissões do governo federal no combate à covid-19. Desde o registro dos primeiros casos no país, o presidente vem negando a gravidade da doença, que já deixou mais de 528 mil mortos, e ignorando medidas sanitárias reconhecidas cientifica e internacionalmente como necessárias para conter a propagação do coronavírus.

Nesta quinta-feira, o presidente reagiu de maneira agressiva e vulgar ao pedido de esclarecimentos enviado pela cúpula da CPI. “Sabe qual a minha resposta? Caguei. Caguei para a CPI. Não vou responder nada!”, disse Bolsonaro durante sua live semanal.

*Com informações do DW.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]