Criminoso é morto após fazer mulher refém em tentativa de assalto em Angra dos Reis; Trio tentava assaltar uma loja de celulares quando a polícia chegou ao local

Em Angra dos Reis, dois criminosos se entregaram, mas um terceiro fez uma funcionária refém para sair do estabelecimento. Em um momento de distração, ele acabou baleado e morto por um policial à paisana.
Em Angra dos Reis, dois criminosos se entregaram, mas um terceiro fez uma funcionária refém para sair do estabelecimento. Em um momento de distração, ele acabou baleado e morto por um policial à paisana.

Uma tentativa de assalto terminou com a morte de um dos criminosos em Angra dos Reis, Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (07/07/2021). O rapaz foi baleado pela Polícia Civil enquanto fazia uma mulher refém.

O caso aconteceu em uma loja de celulares no Centro, na Rua do Comércio. Um trio de criminosos tentava assaltar o local quando a Polícia Militar foi chamada e os surpreendeu.

Dois dos assaltantes se entregaram imediatamente, mas o terceiro, de 20 anos, saiu do estabelecimento com uma refém. Tratava-se de Vitória Oliveira, funcionária da loja.

Foram minutos de tensão. Cercado por policiais, o criminoso abraçava-se à mulher com uma pistola 9mm apontada para a cabeça dela, que pedia para os agentes não atirarem.

O assaltante foi caminhando com a refém, tentando distanciar-se da polícia. Após dois quarteirões, porém, um policial civil, que estava à paisana, aproveitou momento de descuido do criminoso e o baleou.

Vitória foi liberada, e o criminoso chegou a ser socorrido e levado para o Hospital da Japuíba, mas não resistiu aos ferimentos e teve a morte confirmada momentos depois.

Dois dos criminosos foram presos e levados para a delegacia – Foto: Reprodução/Redes Sociais

O agente responsável pelos disparos declarou à TV Rio Sul que efetuou três disparos e que ao menos um deles atingiu a cabeça do assaltante.

Os outros dois criminosos que invadiram a loja foram levados para a delegacia de Angra. Um quarto integrante da quadrilha, que esperava os comparsas em um carro do lado de fora, conseguiu fugir e continua sendo procurado.

“Foi muito difícil”, diz refém

Vitória Oliveira foi às redes sociais para comentar o ocorrido e celebrar o fato de ainda estar viva. Em seu Instagram, agradeceu pela “preocupação e carinho”.

Em um vídeo publicado também nas redes sociais, afirmou que foi um episódio “muito, muito, muito difícil”. “Graças a Deus não aconteceu nada pior. Poderia ter sido muito pior, mas não. Eu estou bem.”

*Com informações do Yahoo Notícias.

Confira vídeo

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112801 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]