ALBA aprova projeto que preserva e incentiva a capoeira na Bahia

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou Projeto de Lei nº 23.281/2019, de autoria da deputada estadual Olívia Santana, que tem como objetivo salvaguardar e incentivar a capoeira no estado.
A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou Projeto de Lei nº 23.281/2019, de autoria da deputada estadual Olívia Santana, que tem como objetivo salvaguardar e incentivar a capoeira no estado.

A Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) aprovou, na tarde desta quarta-feira (07/07/2021), o Projeto de Lei nº 23.281/2019, de autoria da deputada estadual Olívia Santana, que tem como objetivo salvaguardar e incentivar a capoeira no estado, além de apoiar a formação de capoeiristas e incorporá-la no currículo escolar.

A parlamentar comemorou a aprovação. “Nosso mandato é um instrumento da luta popular.  O projeto Moa do Catendê, que acaba de ser aprovado, é mais um compromisso que assumi com meu povo da Capoeira, que luta por reconhecimento, direitos e dignidade!”.

O projeto, uma luta conjunta do mandato da deputada, do grupo Capoeira em Movimento Bahia e de todos e todas capoeiristas do nosso estado, será encaminhado para o governador Rui Costa para ser sancionado.

Para o coordenador do Capoeira Em Movimento Bahia, Jacaré DiAlabama, a aprovação do PL é um momento histórico. “A Bahia inicia um processo de reparação, reconhecendo a capoeira como um importante elemento de identidade do nosso povo. A aprovação deste projeto, proposto pela capoeira e apresentado pela deputada Olívia Santana, abre uma nova página na história do nosso estado. Lutaremos para que seja regulamentado e que nunca mais os nossos mestres sejam marginalizados por falta de reconhecimento efetivo dos poderes públicos”, destaca.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112595 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]