Microbiologista Natalia Pasternak presta depoimento à CPI da Pandemia do Senado Federal

Microbiologista Natalia Pasternak presta depoimento à CPI da Pandemia do Senado Federal

Segundo a microbiologista Natalia Pasternak, três de quatro mortes poderiam ser evitadas se o Brasil tivesse adotado as medidas de combate à pandemia indicadas pela ciência. “Três de cada quatro mortes por covid-19 poderiam ter sido evitadas, diz.

Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia (CPIPANDEMIA) realiza audiência pública interativa para ouvir o depoimento de especialistas convidados a respeito de aspectos técnicos da Covid-19.

Os parlamentares requerentes da audiênica, citam a trajetória pública e acadêmica nacional e internacional dos profissionais nas justificativas, afirmando que os cientistas têm condições de esclarecer o país sobre a melhor forma de enfrentamento à pandemia de covid-19.

Mesa:

médico sanitarista da Fundação Oswaldo Cruz e ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Cláudio Maierovitch;

vice-presidente da CPIPANDEMIA, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP);

microbiologista e pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP), Natalia Pasternak;

relator da CPIPANDEMIA, senador Renan Calheiros (MDB-AL).