Prossegue aplicação de primeira dose contra Covid-19 em Feira de Santana; Governo Colbert Martins divulga relação de locais e público alvo

A expectativa da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) é concluir a vacinação de todos os grupos prioritários e avançar com a imunização de toda a população de Feira de Santana.
A expectativa da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) é concluir a vacinação de todos os grupos prioritários e avançar com a imunização de toda a população de Feira de Santana.

Nesta sexta-feira (04/06/2021), a aplicação da primeira dose contra a Covid-19 será realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Centro Social Urbano (CSU). A expectativa da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) é concluir a vacinação de todos os grupos prioritários e avançar com a imunização de toda a população de Feira de Santana.

A vacina será disponibilizada para pessoas que nasceram em 1965 e 1966 sem comorbidades; pessoas com comorbidades a partir de 18 anos; trabalhadores do setor rodoviário e da limpeza pública acima de 18 anos; trabalhadores da educação a partir de 30 anos; trabalhadores da segurança pública e forças armadas acima de 18 anos.

Os trabalhadores da saúde serão vacinados exclusivamente no Centro Social Urbano (CSU). Também prossegue a imunização com a segunda dose das pessoas que estão no período recomendado. É preciso apresentar a caderneta de vacinação, comprovando que recebeu a primeira dose, RG, CPF e comprovante de residência no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Confira os grupos

Pessoas sem comorbidades

Nascidos em 1965 ou 1966, devem arpesentar RG, CPF e comprovante de residência, no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Pessoas com comorbidades

Todos devem apresentar RG, CPF e comprovante de residência. É importante que o comprovante de residência seja no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação. As pessoas com comorbidades também devem levar receita ou relatório médico que comprove a comorbidade.

Trabalhadores do setor rodoviário

Estão incluídos no grupo motoristas de vans, escolar (público e privado), de ônibus urbanos e intermunicipais. Para receber o imunizante, eles devem apresentar cadastro ou algum documento que comprove vínculo de atuação na área, RG, CPF e comprovante de residência. É importante que o comprovante de residência seja no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Trabalhadores da limpeza pública

É necessário apresentar cadastro ou algum documento que comprove vínculo de atuação na área, RG, CPF e comprovante de residência. O comprovante de residência deve ser no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Trabalhadores da educação

Serão vacinados profissionais a partir de 30 anos, mediante apresentação do último contracheque ou Carteira de Trabalho. Nos casos de Pessoa Jurídica (PJ), deve ser apresentado o contrato de trabalho que comprove vínculo com a instituição de ensino, além de RG, CPF e comprovante de residência no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Trabalhadores da segurança pública e forças armadas

Podem ser vacinados policiais militares, civis, rodoviários, federais e penais, agentes penitenciários, bombeiros militares e civis, guardas municipais, de trânsito e salva-vidas.  Terão direito a receber o imunizante, os trabalhadores que estejam em pleno exercício das atividades, de acordo com a lista de profissionais disponibilizada pelas corporações. Eles devem apresentar RG, CPF e comprovante de residência no nome da pessoa a ser vacinada, de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Trabalhadores de saúde

Trabalhadores da saúde, devem receber a primeira dose, exclusivamente, na Unidade Básica de Saúde do CSU (Centro Social Urbano), bairro Cidade Nova. Para ser vacinado é necessário comprovar o vínculo de trabalho em uma instituição de saúde. Os autônomos devem levar uma autodeclaração que comprovem sua atuação na área. Além disso, documentos como identidade original com foto, CPF e comprovante de residência também são essenciais. São considerados trabalhadores da saúde aquelas pessoas que atuam em clínicas, consultórios e entre outros locais que oferecem serviços de saúde.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114859 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.