Estudantes da rede estadual da Bahia recebem crédito da bolsa do Mais Estudo pela monitoria no ensino remoto

As monitorias do programa promovido pelo Governo do Estado acontecem remotamente no turno oposto aos quais os estudantes estão matriculados, por meio de diferentes ferramentas digitais.
As monitorias do programa promovido pelo Governo do Estado acontecem remotamente no turno oposto aos quais os estudantes estão matriculados, por meio de diferentes ferramentas digitais.

Os estudantes da rede estadual de ensino que dão monitoria aos colegas em Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica, com o objetivo de fortalecer as aprendizagens, já estão recebendo o valor (mensal) de R$ 100 pela bolsa do Mais Estudo. As monitorias do programa promovido pelo Governo do Estado acontecem remotamente no turno oposto aos quais os estudantes estão matriculados, por meio de diferentes ferramentas digitais. Ao todo, para esta edição, foram ofertadas 52 mil vagas.

A superintendente de Políticas para a Educação Básica do Estado, Manuelita Brito, disse que o crédito é referente ao primeiro mês de monitoria do ano letivo continuum 2020-2021 e chamou a atenção dos estudantes quanto aos critérios para o recebimento. “É importante destacar que a monitoria é acompanhada pelas escolas e pela própria Secretaria. Para tanto, os monitores precisam entregar, todos os meses, um relatório das atividades realizadas para que possam receber o valor correspondente à bolsa. O prazo para envio dos relatórios termina sempre no dia 11 do mês seguinte, ao término das atividades mensais. Ou seja, aqueles que atuaram até o dia 12 de maio têm até 11 de junho para enviar o seu relatório”, explicou.

Para facilitar a comunicação sobre o projeto, além do diálogo com a escola com os estudantes, a SEC criou grupos de whatsApp e realiza todos os meses uma live de orientações e esclarecimentos, mas os estudantes monitores devem acessar o sistema de gestão do programa e ficar atentos aos e-mails. É por esse canal, por exemplo, que são emitidos os avisos para o recebimento do cartão da bolsa do Mais Estudo para quem nunca atuou no programa. “A comunicação oficial é feita por e-mail, inclusive quanto à liberação da bolsa, e os estudantes precisam consultar sempre, inclusive a caixa de spam”, salientou Manuelita Brito.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109749 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]