A história de Adriano Leite Ribeiro

No Instagram, Adriano Leite Ribeiro (Adriano Imperador) destaca momentos positivos da carreira como jogador de futebol. A exemplo do que ocorreu em 25 de julho de 2004, durante a disputa entre Brasil x Argentina, quando o relógio marcava 48 minutos do segundo tempo e Adriano marcou o gol que iria garantir a Copa América.
No Instagram, Adriano Leite Ribeiro (Adriano Imperador) destaca momentos positivos da carreira como jogador de futebol. A exemplo do que ocorreu em 25 de julho de 2004, durante a disputa entre Brasil x Argentina, quando o relógio marcava 48 minutos do segundo tempo e Adriano marcou o gol que iria garantir a Copa América.

Se você falar Adriano Leite Ribeiro é possível que poucos o reconheçam. Porém, quando se diz Adriano Imperador a história já muda, pois esse é o seu nome nos gramados. Ele nasceu em 1982, no Rio de Janeiro, e a sua história é marcada por boas jogadas e algumas polêmicas. Alguns fãs também apostaram neste último usando um código promocional Betclic.

O início da carreira

Como quase todo jogador, Adriano também iniciou a sua carreira nas categorias bases, porém, no seu caso, do Flamengo. A sua posição na época era como lateral-esquerdo, mas não demorou muito para que todos percebessem que o seu lugar era no ataque. Não demorou muito para estrear na equipe principal do Rubo-Negro em 2020.

Foi então que o Internazionale de Milão viu potencial no jogador. Ele foi vendido para o time e teve a sua estreia no dia 15 de agosto de 2001.

Adriano na Europa

Como já falado, no dia 15 de agosto de 2001 foi a sua estréia e ele já foi destaque no time após marcar um gol épico contra o Real Madrid. Mas apesar desse grande feito, o jogador, posteriormente, acabou sendo emprestado ao Fiorentina, onde também não passou muito tempo, pois logo foi jogar no Roma.

O Internazionale percebeu, em 2004, que o jogador poderia ser útil na composição do time, então ele retornou. Como sempre, Adriano continuou fazendo jogadas épicas e não demorou muito para que ele voltasse a ser destaque. Na primeira temporada em que ele jogou para o Internazionale de Milão, ele marcou um total de 15 gols em um total de 16 disputas, ou seja, ele conseguiu marcar, praticamente, um gol por partida.

Foi por meio dessas jogadas e gols que o time de Milão resolveu fazer com que o jogador se tornasse titular e conseguiu conquistar alguns títulos importantes para o futebol italiano.

A fase difícil de Adriano

Tudo estava indo muito bem até que em 2006 o pai do jogador veio a falecer. Isso mexeu bastante com o psicológico de Adriano, o que fez com que o seu rendimento caísse, fazendo com que ficasse, praticamente, um ano sem marcar pela Inter.

Ele começou a ter muitos problemas pessoais, fazendo com que a sua atuação e desempenho em capo ficasse ainda pior. Ele, por um tempo, era notícia por suas habilidades, mas nesse período, o que ficou marcado pela mídia foram os seus problemas pessoais. Ele até falou para a mídia italiana que estava deprimido e que até estava com problemas relacionados ao álcool.

Mas não demorou muito para que os gols voltassem a acontecer. Em 2008, o jogador foi emprestado ao São Paulo e conseguiu marcar 17 gols em um total de 28 partidas. Logo ele retornou à Milão e continuou a sua boa performance em campo, conseguiu marcar 100 gols no Campeonato Italiano.

Mas por motivos não explicados, o jogador abandonou os treinamentos em Milão e voltou para o Brasil sem autorização dos membros da equipe do Internazionale. Ele ficou um tempo sem dar notícias, mas logo apareceu na mídia contando que estava com familiares no bairro em que ele nasceu.

A volta de Adriano aos gramados

Após anunciar que não estava mais contente jogando futebol, Adriano volta a jogar, em 2009, para o Flamengo. Ele foi o melhor jogador do campeonato brasileiro da época. Mas não durou muito tempo no time, pois logo ele voltou para a Itália para jogar pelo Roma.

Entre idas e vindas entre Brasil e Itália, o jogador Adriano fez história no futebol e com toda certeza será lembrado para sempre. A sua última contratação foi para o time da quarta divisão Miami United, nos Estados Unidos. Porém, ele participou de apenas um jogo oficial, onde marcou um gol de pênalti e logo deixou a equipe.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115123 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.