TV Aratu estreia documentário sobre erros e impactos da Operação Alquimia

Relatos do advogado e empresário Paulo Cavalcanti apontam que o inquérito foi trancado sem denúncia, mas com severos prejuízos morais e financeiros para famílias baianas.
Relatos do advogado e empresário Paulo Cavalcanti apontam que o inquérito foi trancado sem denúncia, mas com severos prejuízos morais e financeiros para famílias baianas.

Na Operação Alquimia, realizada pela Polícia Federal em 2011 contra sonegação fiscal na Bahia e outros estados, 37 pessoas foram presas, 150 empresas invadidas no Brasil, bens foram apreendidos e mais de 80 pessoas coercitivamente levadas para depoimentos. O inquérito policial foi trancado sem qualquer nome ser denunciado, mas até hoje sofrem consequências financeiras e morais do que foi “a maior operação desastrosa do Brasil em termos de força-tarefa do Ministério Público e da Receita Federal”, segundo o empresário, advogado e membro da Associação Comercial da Bahia, Paulo Cavalcanti, um dos personagens principais do documentário Alquimia da Verdade, que estrou neste sábado (08/05/2021) na TV Aratu e está disponível no canal Originais AratuON, no Youtube.

Produzido pelo AratuON em parceria com a Mantu Filmes e direção de Murilo Deolino e Filipe Louzado, o documentário traz depoimentos de familiares e funcionários da Sasil, principal empresa envolvida. Segundo Cavalcanti, o vídeo “chama atenção para as injustiças causadas pelas instituições federais que deveriam resguardar os cidadãos e suas empresas ao invés de denegrir a reputação destas pessoas e instituições impactadas até hoje”.  Para aprofundar no ponto de vista jurídico, foram entrevistados o Juiz federal João Paulo Pirôpo, o advogado criminalista Gamil Foppel e o advogado tributarista Marcelo Nogueira Reis.

Sobre a produção, um dos diretores, Louzado, relata que a maior preocupação na construção do filme foi trazer o enorme volume de informações tributárias e jurídicas de forma que o público entendesse o que aconteceu. Outro desafio foi quebrar a melancolia, o que aconteceu, para o diretor, devido ao espírito de perseverança do personagem principal. “Quando iniciamos a produção do documentário acreditávamos que o sentimento seria de melancolia e tristeza por conta da angústia vivida pela família de Paulo. Porém, como o filme é vivo e sempre se transforma à medida que vai sendo construído, o sentimento final é de superação e força”, avalia.

Paulo hoje é um ativista da função social das empresas e, além de defender sua própria história, luta também para que isso não se repita contra outros empresários. “Espero que o filme seja uma inspiração para outras pessoas lutarem por seus valores, como fez Paulo, que estudou e se formou em Direito pra provar a própria inocência”, finaliza Louzado. A Operação Alquimia faz 10 anos em agosto de 2021.

Originais AratuON – Alquimia da Verdade é o segundo documentário coproduzido pelo AratuON em 2021. O primeiro foi BAxVI – Silêncio de um clássico, lançado em maio deste ano através de diversas plataformas. Para o gerente de Conteúdo e Inovação do Grupo Aratu, Pablo Reis, a estreia deste novo produto audiovisual reforça mais um momento de renovação da instituição: “A gente está numa fase de incorporar mais conteúdos digitais e fazer essa convergência com a televisão, com material exclusivo e acessível à população”.

Dentre as novidades citadas por Pablo estão o projeto AratuON Explica, com vídeos curtos que explicam temas específicos para o espectador, tem o time de colunistas com artigos exclusivos em vídeo e texto, o programa Linha de Frente sobre a política, A Aratu tá on que passa aos sábados na TV e agora vem a primeira temporada de originais do AratuON, com estes documentários exclusivos que abordam assuntos relevantes para os baianos. “O próximo, já em produção, será sobre a potência da mulher negra baiana”, antecipa o diretor.

Grupo Aratu

Ponto de encontro da Bahia, criado para os baianos há 52 anos a partir da estreia da TV Aratu, o Grupo Aratu atua com comunicação 360º, sendo multimídia, multiplataforma e multiconteúdo. No segmento de publicidade Out Of Home (OOH), detém as empresas Ei! Mídia Exterior, Chaves Outdoor e Brasília Mídia Exterior, sediada na capital de mesmo nome. Já no ramo da notícia, tem o AratuON e a TV Aratu, afiliada do SBT no estado. A TV é idealizadora do Galinho, grande festival da cultura nordestina que abre os festejos juninos de Salvador para todo o estado, e tem uma das principais audiências nas transmissões do SBT Folia. Com o propósito do grupo de transformar, o AratuON inova no gerenciamento e produção de conteúdos digitais, integrando TV, site, redes sociais e aplicativo, sendo o retrato do estado e farol da população, com conteúdo 24 horas por dia.

Ficha técnica ‘Alquimia da Verdade’

Realização: Mantu Filmes

Coprodução: AratuON

Entrevistados

Paulo Cavalcanti – empresário e advogado;

Paulo Sérgio Cavalcanti – filho de Paulo;

Tatiana Cavalcanti – filha de Paulo;

Leonardo Bacellar – professor e advogado;

Gamil Foppel – advogado criminalista;

João Paulo Pirôpo – juiz federal;

Marcelo Nogueira Reis – vice-presidente da comissão jurídica da Associação Comercial da Bahia;

Rosemary Cerqueira – ex-tesoureira da Sasil;

Igor Cabral – ex-contador da Sasil;

Aldair Costa Pinto – mãe de Paulo;

Anita Cavalcanti – esposa de Paulo.

Equipe técnica

Direção – Filipe Louzado e Murilo Deolino

Direção de fotografia – Rodrigo Melo

Roteiro – Matheus Carvalho

Repórter – Juliana Dias

Assistente – Danilo Monteiro

Montagem – Murilo Deolino

Color grade – Filipe Louzado

Sobre Carlos Augusto 9515 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).