SMS de Feira de Santana amplia imunização de grupos prioritários contra Covid-19

Com o recebimento de 13.640 doses na última semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ampliou a imunização de grupos prioritários.
Com o recebimento de 13.640 doses na última semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ampliou a imunização de grupos prioritários.

A vacinação contra a Covid-19 segue de forma intensa em Feira de Santana, a partir da próxima segunda-feira (03/04/2021).  Com o recebimento de 13.640 doses na última semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ampliou a imunização de grupos prioritários.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) continuarão com a vacinação de primeira e segunda dose para idosos a partir de 60 anos. A aplicação é realizada por ordem de chegada.

Conforme aconteceu neste sábado, 1, as UBSs: Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas continuarão aplicando a primeira dose em pessoas portadoras de síndrome de Down e transplantadas. Para vacinar, é necessário apresentar um relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

Os trabalhadores da Saúde também podem ser vacinados na segunda-feira, com a primeira e segunda dose da vacina. A imunização será realizada no Centro Social Urbano (CSU), bairro Cidade Nova, das 8 às 17 horas.

Para ser vacinado é necessário comprovar o vínculo de trabalho em uma instituição de saúde, apresentando documento de comprovação. Os autônomos devem levar uma autodeclaração que comprovem sua atuação na área. Além disso, outros documentos como identidade original com foto, CPF e comprovante de residência também são essenciais.  São considerados trabalhadores da saúde aquelas pessoas que atuam em clínicas, consultórios e entre outros locais que oferecem serviços de saúde.

Transplantados e pessoas com síndrome de Down recebem 1ª dose contra a Covid-19

“Sensação de renascimento e gratidão”. Assim define Raimunda Claudia Oliveira, 52 anos, o que sentiu após tomar a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 neste sábado, 1, na Unidade Básica de Saúde (UBs) Irmã Dulce. Raimunda realizou um transplante de medula óssea em 2014 e vê na imunização uma nova chance de viver com qualidade.

“Estava ansiosa e graças a Deus estou vacinada. A sensação é maravilhosa. Eu já estive no limite da minha vida e para mim a vacina é outra chance, mais uma esperança de vida e com saúde”, define.

Neste sábado, pessoas com síndrome de Down (entre 18 e 59 anos) e transplantados foram vacinados exclusivamente nas UBSs: Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas. Também foi intensificada a vacinação para os idosos com 60 anos ou mais em todas as UBSs do município.

“Estamos com duas salas, uma para D1 em idosos e outra para transplantados e pessoas com Síndrome de Down, para evitar aglomeração e otimizar a imunização. A procura foi tranquila e não tivemos problemas na unidade”, explica a enfermeira Ione Almeida.

Na Unidade Básica de Saúde do Cassa, a felicidade estava estampada no rosto de Jussara Almeida, 46 anos, ao levar a filha Thais Guedes, 23 anos, portadora de síndrome de Down, para tomar o imunizante

“Ela estava com medo, mas eu estava ansiosa e otimista. Agora que ela tomou a vacina, estou menos preocupada com a saúde dela. Agora ela está ótima e ficou feliz após tomar a vacina”.

Na próxima semana, a Secretaria Municipal de Saúde designou 21 Unidades de Saúde da Família (USFs) para vacinação contra a Covid, às terças e quintas-feiras. Até o momento, as USFs estão vacinando apenas H1N1. A descentralização começa na próxima terça-feira, 4.

Cada uma dessas unidades terá sua área de abrangência para intensificar e garantir a vacinação de toda a comunidade. Na zona rural todas as USFs permanecerão realizando a vacinação contra a Covid-19, às terças e quintas. Às segundas, quartas e sextas, 21 USFs continuam funcionando para vacinação exclusiva contra a Influenza.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108822 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]