Salvador: Governo Rui Costa investe 22 milhões em escola e complexo poliesportivo educacional no bairro de Sussuarana 

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Governo Rui Costa inicia construção de escola estadual em tempo integral no Bairro Sussuarana, em Salvador.
Governo Rui Costa inicia construção de escola estadual em tempo integral no Bairro Sussuarana, em Salvador.

O bairro de Sussuarana, em Salvador, receberá um investimentos da ordem de  R$ 22 milhões do Governo do Estado na construção de uma unidade escolar em Tempo Integral. Além de 35 salas de aula, laboratórios, auditório, biblioteca e demais áreas de apoio, a nova escola terá um complexo poliesportivo educacional, com campo de futebol com grama sintética, quadra poliesportiva coberta, vestiários e áreas de convivência. As máquinas já estão em operação na obra, executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER). A construção da nova escola faz parte do projeto de requalificação da rede física escolar, que está sendo executado pelo Governo do Estado e que prevê a entrega de 60 novas escolas na Bahia, até 2022.

A nova unidade deve atender a 1.400 estudantes. O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou sobre a iniciativa. “Esta obra atende a uma reivindicação da comunidade por uma escola estadual no bairro e esta unidade terá um moderno projeto de engenharia e ainda será agregado um complexo poliesportivo educacional, para que durante todo o dia os estudantes tenham acesso a diversos recursos e equipamentos para fortalecer a aprendizagem”, afirmou, ao destacar que várias reuniões foram realizadas com representantes da comunidade de Sussuarana  para o diálogo e a escuta sobre o projeto que melhor atenda aos anseios da coletividade.

Eric Mascarenhas dos Santos, 25 anos, nascido e criado em Sussuarana, como faz questão de dizer, foi presidente do grêmio do São Daniel Comboni e fez parte do coletivo do bairro que dialogou sobre o projeto com a SEC. Ele falou sobre sentimentos e expectativas de todos sobre a nova escola. “Toda a comunidade de Sussuarana tem um novo motivo para se alegrar com a construção de nossa nova escola, onde os estudantes terão um ambiente estruturado e funcional que vai contribuir para o aprendizado. Temos uma enorme expectativa com as obras dessa escola, pois quando se investe na educação sempre rendem os melhores resultado”, afirmou.

O presidente da CONDER, José Trindade, destacou o papel da companhia na execução desta agenda estratégica para a Educação na Bahia. “Como o principal braço operacional do governo estadual, a CONDER é responsável pela construção, reforma e ampliação de edificações públicas de norte a sul da Bahia. Após o legado deixado na área da Saúde, com os novos hospitais e policlínicas, avançamos na área da Educação com a realização das obras das escolas de Tempo Integral e complexos poliesportivos educacionais”.

O diretor de Infraestrutura e Edificações Públicas da CONDER, Antônio Carlos Menendez, destacou o perfil   das novas escolas estaduais. “Os projetos valorizam a concepção adotada para as escolas de Tempo Integral, ressaltando o uso compartilhado com a comunidade local”, afirmou.

Sobre o bairro

Denominado em homenagem ao felino que, até a década de 1970, tinha a Mata Atlântica como seu habitat natural no local que deu origem ao bairro, Sussuarana guarda uma história rica no seu passado, tendo pertencido à área do Quilombo do Cabula, centro importante de resistência à escravidão.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 10096 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).