Polícia da Bahia intercepta meio milhão em cocaína que iria para o Nordeste

Equipes da Rondesp BTS e do DHPP acompanharam movimentação de negociadores e prenderam um suspeito com as drogas.
Equipes da Rondesp BTS e do DHPP acompanharam movimentação de negociadores e prenderam um suspeito com as drogas.

As polícias Civil e Militar apreenderam 10 kg de cocaína, na tarde desta segunda-feira (10/05/2021), no estacionamento de um supermercado localizado na Avenida Bonocô, em Salvador. Informações iniciais dão conta de que a droga, avaliada em meio milhão de reais, seria entregue no Nordeste de Amaralina.

A ação fez parte da Operação Retomada, deflagrada na manhã de hoje, e que resultou na prisão de quatro traficantes e três seguranças envolvidos nos homicídios de Bruno e Yan Barros da Silva.

Após denúncia anônima enviada às equipes, um homem foi preso em flagrante com o material e apresentado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com informações sobre a entrega do carregamento, que aconteceria no bairro de Valéria, policiais da Rondesp Baía de Todos os Santos e do DHPP fizeram o acompanhamento do veículo até a Avenida Bonocô, onde os entorpecentes foram encontrados em um veículo modelo Cobalt.

De acordo com a diretora do DHPP, delegada Andréa Ribeiro, as investigações vão prosseguir para esclarecer a existência de outros envolvidos no crime.

Balanço

A Operação Retomada cumpriu nesta segunda-feira sete mandados de prisão e quatro de busca e apreensão. Entre os alvos está o supermercado Atakarejo do bairro de Amaralina, onde documentos, celulares e computadores foram apreendidos.

Entre os presos estão três seguranças do supermercado e quatro traficantes, acusados de participação nas mortes das vítimas, após serem flagradas furtando carnes.

Sobre Carlos Augusto 9704 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).