Pessoas com comorbidade ou autismo a partir de 40 anos podem ser vacinadas contra Covid-19, diz SMS de Feira de Santana

A vacinação está concentrada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e em 21 Unidades de Saúde da Família (USFs).
A vacinação está concentrada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e em 21 Unidades de Saúde da Família (USFs).

Nesta quinta-feira (13/05/2021), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Feira de Santana ampliou a faixa etária da vacinação para pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas, todos com idade entre 40 e 59 anos, podem ser vacinados contra Covid-19.

A vacinação está concentrada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e em 21 Unidades de Saúde da Família (USFs). Para receber a dose, é necessário apresentar relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

No caso das pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas, é necessário apresentar cópia do laudo que atesta o comprometimento de saúde e o comprovante de que é beneficiário do BPC – Benefício de Prestação Continuada.

Para evitar aglomeração, o fluxo da vacinação é dividido por data de nascimento. Das 8 às 12 horas estão sendo vacinados aqueles que nasceram entre os meses de janeiro a junho. Das 13 às 17 horas os que nasceram nos últimos seis meses do ano.

Vacinação contra Covid-19 segue em unidades da saúde nesta quinta-feira

A aplicação da vacina contra Covid-19 está sendo realizada nesta quinta-feira, 13, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Centro Social Urbano (CSU), Centro de Saúde Dr. Leone Coelho Lêda (CSE) e outras 21 Unidades de Saúde da Família (USFs) – veja a lista no final da matéria. Apenas a primeira dose da vacina para trabalhadores da Educação está suspensa por falta de doses.

O fluxo de vacinação é dividido por data de nascimento. Das 8h às 12h estão sendo vacinados aqueles que nasceram entre os meses de janeiro a junho. Das 13h às 17h os que nasceram nos últimos seis meses do ano.

Confira o esquema de vacinação

Idosos

Idosos, a partir de 60 anos continuam com a vacinação em primeira dose nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). É necessário apresentar documentos pessoais e comprovante de residência.

Para receber a segunda dose, os idosos devem fazer o agendamento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou 21 Unidades de Saúde da Família (USFs).

Para o agendamento não é necessário a presença do idoso. Familiares, vizinhos ou cuidadores podem se dirigir à unidade de saúde mais próxima, com o documento de identidade e o comprovante de residência do idoso. O agendamento é de acordo com a data de nascimento. Quem nasceu entre 1º de janeiro a 30 de junho deve fazer o agendamento nas unidades de saúde, pela manhã. Os nascidos de 1º de julho a 31 de dezembro, no turno da tarde.

Trabalhadores da Saúde

A aplicação da primeira e segunda dose da vacina contra a Covid-19 para trabalhadores da Saúde continua sendo realizada, exclusivamente, na Unidade Básica de Saúde do CSU (Centro Social Urbano), no bairro Cidade Nova. Para ser vacinado é necessário comprovar o vínculo de trabalho em uma instituição de saúde, apresentando algum documento. Os autônomos devem levar uma autodeclaração que comprovem sua atuação na área.

Além disso, outros documentos como identidade original com foto, CPF e comprovante de residência também são essenciais.  São considerados trabalhadores da saúde aquelas pessoas que atuam em clínicas, consultórios e entre outros locais que oferecem serviços de saúde.

Síndrome de Down e pacientes transplantados

Transplantados e pessoas com Síndrome de Down, ambos entre 18 e 59 anos, podem receber a dose da vacina exclusivamente em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs), são elas: Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas, das 8h às 17h.

Para ser vacinado é necessário apresentar receita ou relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

Comorbidades

Pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas, entre 40 e 59 anos, podem ser vacinados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h.

Para receber a dose, é necessário apresentar receita ou relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

No caso das pessoas com deficiência intelectual moderada e severa, incluindo autistas, é necessário apresentar cópia do laudo que atesta o comprometimento de saúde e o comprovante de que é beneficiário do BPC – Benefício de Prestação Continuada.

Anemia falciforme

Pessoas com anemia falciforme, entre 45 e 59 anos, podem receber a primeira dose nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). É necessário apresentar relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

HIV/Aids

Pessoas que convivem com o HIV/Aids, maiores de 18 anos, podem receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19, no Centro de Referência Dr. Leone Coelho Lêda (CSE) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h. É necessário levar atestado médico ou receita com medicação contínua, RG, CPF e comprovante de residência.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109879 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]