Pandemia e qualidade de vida | Por Joaci Góes

Teletrabalho, conhecido também como trabalho remoto, foi intensificado durante a pandemia e pode resultar na redução demográfica das grandes cidades brasileiras.
Teletrabalho, conhecido também como trabalho remoto, foi intensificado durante a pandemia e pode resultar na redução demográfica das grandes cidades brasileiras.

Aos amigos Marina e Décio Kosminsky

Um dos legados da Covid-19 é que, doravante, todo trabalho intelectual poderá ser realizado onde estivermos, em muitos casos com maior perfeição e produtividade, sem mencionar a sensível elevação da qualidade de vida e sem a perda de tempo com a locomoção diária nos dois sentidos, bem como o aumento da segurança pessoal.

Do ponto de vista prático, serão muitos os que passarão a residir no local dos sonhos, num saudável compartilhamento simultâneo do trabalho com o lazer. No caso da Bahia, o estado que possui a maior porção litorânea no Brasil, com 1.100 kms de praias aprazíveis, com águas transparentes e mornas, não é difícil antever a intensificação de sua procura, como também as regiões elevadas da Chapada Diamantina, com ambiente naturalmente climatizado, e tantos outros logradouros ricos dos mais diversos atrativos. Com a possibilidade de mudança de governo, destinos tão apreciados, Brasil e mundo afora, a exemplo de Porto Seguro, poderão ser resgatados dos riscos que vêm correndo nos governos petistas que tanto têm prestigiado as invasões de áreas urbanas pelas milícias do MST, mescladas com traficantes de drogas, lideradas por políticos menores e anéticos que, com sua irresponsabilidade militante, vêm contribuindo para a elevação da criminalidade violenta, requisito em que a Bahia assume assustadora vanguarda.

Nenhuma atividade pode concorrer com o turismo como fator contributivo para resgatar, a curto prazo, a economia baiana do fundo do poço em que se encontra, bastando, para tanto, pormos fim à impunidade bolivariana que tantos males nos tem ocasionado.

Entre as pessoas de raciocínio mais alto, são grandes as expectativas na ação conjunta da chapa eleita nas últimas eleições – Jânio Natal – Paulinho do Tôa Tôa, no sentido de interromper a postura omissiva das últimas administrações, sensivelmente abaixo dos atributos mínimos para bem governar a pia batismal do Brasil. Verdade é, porém, que com o mendicante padrão de qualidade a que chegou a educação pública na Bahia, do primário ao superior, será cada vez mais secundária a presença de nossa terra no papel histórico de projeção da Nação Brasileira.

Vamos trabalhar mais do que apenas torcer para que esta má fase da vida baiana seja, como a Covid-19, uma página virada em nossa memória individual e coletiva, na Bahia, no Brasil e aos olhos do Mundo.

*Joaci Fonseca de Góes, advogado, jornalista, empresário e ex-deputado federal constituinte.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112757 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]