Moção de Congratulações celebra 335 anos de consagração do mártir São Francisco Xavier como padroeiro de Salvador

A proteção de São Francisco Xavier à Salvador é celebrada desde o dia 10 de maio de 1686.
A proteção de São Francisco Xavier à Salvador é celebrada desde o dia 10 de maio de 1686.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Adolfo Menezes encaminhou nesta segunda-feira (10/05/2021) Moção de Congratulações à Mesa Diretora pelos 335 anos de consagração da cidade de Salvador a São Francisco Xavier. A proteção de São Francisco Xavier à capital da Bahia é celebrada desde o dia 10 de maio de 1686 e, hoje, foi marcada por missa na Catedral Basílica de Salvador, no Terreiro de Jesus, celebrada pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Sérgio da Rocha, e co-celebrada pelo pároco da Catedral, padre José Abel Pinheiro.

“São Francisco Xavier é um santo missionário, que sempre intercede junto a Deus pelo povo em tempos de epidemia. Salvador foi assolada três vezes pela peste. A primeira, em 1686, pela febre amarela; a segunda, pela cólera morbus, em 1855; e agora, pela terceira vez, pela Covid-19, que já tirou a vida de quase 20 mil baianos. Então, vamos todos pedir a intercessão do padroeiro de nossa capital pela saúde do povo”, justifica o chefe do Legislativo estadual.

Na Moção de Congratulações, Menezes parabeniza a Arquidiocese de Salvador, na pessoa do seu arcebispo, Cardeal Dom Sergio da Rocha, a Câmara de Salvador, na pessoa de seu presidente Geraldo Júnior e todos os fiéis soteropolitanos pelos 335 anos de consagração da capital baiana ao santo nascido na Espanha, um dos fundadores da Companhia de Jesus e grande difusor do cristianismo na Índia e no Japão.

Ainda no período colonial do Brasil, como São Francisco Xavier morrera de peste, na China, em 1552, os jesuítas sugeriram à população implorar a intercessão do santo pela cura dos soteropolitanos. O atendimento foi imediato e a peste cessou logo. Houve então um movimento popular em Salvador, que atingiu as autoridades locais – à época, o Senado da Câmara – e foi dirigido ao Papa Inocêncio XI, um pedido para que fosse declarado São Francisco Xavier padroeiro da primeira capital do Brasil. Em bula solene, datada de 10 de maio, o missionário espanhol foi então proclamado padroeiro de Salvador.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115149 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.