Mais de 10 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 em Feira de Santana; Vacinação segue nas UBSs

Mais de 10 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19, sendo 8 mil vacinadas em primeira dose e 2 mil para a segunda dose.
Mais de 10 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19, sendo 8 mil vacinadas em primeira dose e 2 mil para a segunda dose.

No mutirão de vacinação que se espalhou por todo município de Feira de Santana nesta quinta-feira (27/05/2021), mais de 10 mil pessoas foram vacinadas contra a Covid-19, sendo 8 mil vacinadas em primeira dose e 2 mil para a segunda dose.

Dessa forma, o estoque está próximo do fim e nesta sexta-feira, 28, a vacinação será concentrada nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e no Centro Social Urbano (CSU). Cada unidade irá receber 250 doses da vacina Oxford/Astrazeneca.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Britto, não há estoque para reposição. “Graças a grande quantidade de pessoas que foram vacinadas hoje, estamos no limite da quantidade das vacinas. Agora, temos que aguardar uma nova remessa para continuarmos a imunização em grande escala”.

Podem ser vacinadas nas UBSs, pessoas com comorbidades a partir de 18 anos, pessoas sem comorbidades a partir de 57 anos ou nascidos em 1964, trabalhadores da educação a partir de 30 anos, trabalhadores rodoviários – incluindo motoristas de vans, escolar (público e privado), de ônibus urbanos e intermunicipais – da limpeza pública, segurança pública e forças armadas a partir de 18 anos e profissionais de saúde.

Pessoas com comorbidades

Devem apresentar RG, CPF, comprovante de residência, receita ou relatório médico que comprove a comorbidade. O comprovante de residência deve ser no nome da pessoa que será vacinada, do pai ou da mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Pessoas sem comorbidades

RG, CPF e comprovante de residência no nome da pessoa que será vacinada, do pai ou da mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação. As pessoas sem comorbidades que estão no período de aplicação da segunda dose, também podem ser imunizados amanhã nas UBSs.

Trabalhadores da educação

RG, CPF e comprovante de residência, além do último contracheque ou carteira de trabalho. Nos casos de Pessoa Jurídica (PJ), deve apresentar o contrato de trabalho que comprove vínculo com a instituição de ensino. É importante que o comprovante de residência esteja no nome da pessoa que será vacinada, do pai ou da mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Trabalhadores do setor rodoviário e da limpeza pública – RG, CPF e comprovante de residência no nome da pessoa que será vacinada, do pai ou da mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação. Também deve ser apresentado cadastro ou documento que comprove o vínculo de atuação na área.

Segurança pública e Forças Armadas

Estão incluídos nessa categoria, policiais militares, civis, rodoviários, federais e penais, agentes penitenciários, bombeiros militares e civis, guardas municipais, de trânsito e salva-vidas. Terão direito a receber a vacina, os trabalhadores que estejam em pleno exercício das atividades, de acordo com a lista de profissionais disponibilizada pelas corporações.

Eles devem apresentar também RG, CPF e comprovante de residência RG, CPF e comprovante de residência no nome da pessoa que será vacinada, do pai ou da mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação.

Trabalhadores da Saúde

A vacinação de primeira e segunda dose para esse grupo acontece exclusivamente no Centro Social Urbano (CSU), bairro Cidade Nova. Estudantes acima de 18 anos, que estejam com estágios na área de saúde e tiveram os nomes encaminhados pelas próprias faculdades também podem ser imunizados. Para ser vacinado, é preciso comprovar o vínculo de trabalho em uma instituição de saúde.

Os autônomos devem levar uma autodeclaração que comprovem sua atuação na área. Além disso, documentos como RG, CPF e comprovante de residência são essenciais. São considerados trabalhadores da saúde, quem atua em clínicas, consultórios e outros locais que oferecem serviços de saúde.

Organização da fila e triagem de documentos garantem vacinação do público alvo

Durante todo o trajeto percorrido por aqueles que se enquadram no público alvo da vacinação contra a Covid-19, na UniFTC, tem alguém prestando orientações. Tudo é feito por servidores da Prefeitura de Feira para manter a organização.

A instituição tem entrada e saída distintas e, logo no primeiro portão, é feita a triagem da documentação para garantir que apenas aqueles que levaram os documentos exigidos aguardem para receber a dose.

Em seguida, a pessoa é orientada a se dirigir à fila, mantendo o distanciamento social. Os documentos são checados mais duas vezes antes da vacinação. As doses são aplicadas, simultaneamente, por 24 vacinadores.

A Secretaria Municipal de Saúde conta também com apoio de prepostos da Guarda Municipal e da Polícia Militar, que ficam de plantão para inibir tumultos e aglomerações, além de agentes do Corpo de Bombeiros, que prestam orientações e estão atentos para evitar fura-fila. Agentes de trânsito organizam o fluxo de veículos na região.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112723 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]