Google.org doa R$ 5,2 milhões à Amigos do Bem para distribuição de alimentos e água no sertão do Nordeste do Brasil

Com o recurso, Google.org leva 638,6 toneladas de alimentos, além de colaborar para a distribuição de água à famílias em situação de vulnerabilidade nos estados de Alagoas, Pernambuco e Ceará.
Com o recurso, Google.org leva 638,6 toneladas de alimentos, além de colaborar para a distribuição de água à famílias em situação de vulnerabilidade nos estados de Alagoas, Pernambuco e Ceará.

O Google.org, braço filantrópico do Google, doou R﹩ 5,2 milhões para a Amigos do Bem, organização sem fins lucrativos com atuação social no Nordeste do Brasil há 27 anos. Com o recurso, a ONG vai distribuir 42.575 cestas básicas a 8,5 mil famílias durante cinco meses em 140 povoados nos estados de Alagoas, Pernambuco e Ceará.

Além do alimento, por meio de um caminhão pipa, 50 povoados duramente impactados pela seca serão abastecidos com 3,8 milhões de litros de água potável ao longo de um ano. O objetivo é oferecer suporte às famílias do Sertão brasileiro, promovendo melhora na condição de vida e reduzindo a fome e a incidência de doenças, especialmente a Covid-19.

Como resultado direto da pandemia COVID-19, 19 milhões de pessoas vivem com fome no Brasil, segundo recente pesquisa nacional desenvolvida pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberana e Segurança Alimentar (PENSSAN). Desse total, 7,7 milhões de pessoas vivem no Nordeste do país, onde Amigos do Bem concentra a atuação.

A insegurança alimentar atinge mais de 70% da população local na região mais desigual do país. A pesquisa conclui que a fome voltou aos níveis drásticos comuns no início dos anos 2000, e constata, empiricamente, que, no Sertão brasileiro, a fome e a miséria não atingiam este grau de intensidade há mais de uma década. A grave realidade levou o Amigos do Bem a lançar um plano de ação emergencial para combater os efeitos do COVID-19 na região. Em 2020, mais de 1 milhão de pessoas em 300 povoados foram apoiadas, com cerca de 3 milhões de quilos de alimentos.

Além da epidemia de fome, a insegurança hídrica atingiu 40,2% do total de domicílios do Nordeste do Brasil, percentual quase 3 vezes superior ao do restante do país. Segundo pesquisa da Divisão Sanitária Nacional, o total de domicílios rurais com pessoas passando fome dobra quando não há disponibilidade de água para a manutenção dos cultivos de subsistência. Nas regiões onde a Amigos do Bem atua, 98% das comunidades relatam secas ao longo do ano e as condições climáticas agravam as condições de fome.

“O momento crítico pelo qual estamos passando demanda solidariedade com a população mais vulnerável. Desde o início da pandemia, o Google tem buscado formas de apoiar o trabalho de organizações como a Amigos do Bem, que ajudam os brasileiros a atravessar a atual crise e atender necessidades fundamentais como ter comida na mesa”, diz Fabio Coelho, presidente do Google Brasil.

“A situação de fome se agravou muito no sertão. A doação do Google chegou como esperança no momento mais difícil da história do nosso projeto e de milhares de pessoas do sertão nordestino, onde está o maior foco de pobreza do nosso País. Com essa ajuda, conseguiremos levar alimentos, água e oportunidades para quem mais precisa”, diz Alcione Albanesi, fundadora e presidente da Amigos do Bem.

Apoio ao Brasil

Além da doação à Amigos do Bem, o Google anuncia R﹩ 78 milhões em créditos de anúncios a serem utilizados por autoridades de saúde como a Organização Mundial da Saúde (OMS) para divulgação de informações essenciais por meio de campanhas durante a pandemia, como a importância da vacinação contra a COVID-19.

A doação para a Amigos do Bem se soma aos R﹩ 5,5 milhões doados pelo Google.org em abril à Gerando Falcões para fornecer alimentos e produtos de higiene pessoal a sete mil famílias em situação de vulnerabilidade nas regiões Norte e Nordeste do país. Funcionários do Google no mundo todo ajudaram a dar ainda mais impacto a essa iniciativa por meio de doações individuais, que já totalizaram R﹩ 2 milhões. Esse valor será complementado em igual proporção pelo Google, como parte das nossas campanhas permanentes de doação em apoio a organizações que trabalham com comunidades marginalizadas ou de alto risco.

Somadas aos R﹩ 65 milhões já destinados pela empresa a diversas iniciativas desde o começo da pandemia, as contribuições do Google chegam a quase R﹩ 150 milhões voltados para projetos focados em reduzir os impactos da COVID-19 no Brasil.

Sobre os Amigos do Bem

A Instituição Amigos do Bem nasceu em 1993 com a iniciativa de um grupo de amigos de São Paulo liderados por Alcione Albanesi que, comovidos pela situação de miséria no sertão nordestino, se mobilizaram para ajudar a região. Ao longo dos mais de 27 anos de trajetória, a Instituição transformou milhares de vidas por meio de projetos de educação, trabalho e renda, acesso à saúde, água e moradia. Os Amigos do Bem atuam em diversas áreas para promover a inclusão social e romper o ciclo de miséria na região. Hoje, 75 mil pessoas são atendidas todos os meses, em 140 povoados do sertão de Alagoas, Pernambuco e Ceará. A instituição foi eleita a melhor organização do terceiro setor pelo prêmio Melhores ONGs de 2020 do Instituto Doar. Promovido pelo quarto ano consecutivo, o prêmio teve 670 inscritos e reconheceu as melhores instituições avaliando questões como governança, transparência, comunicação e financiamento. Trata-se do maior prêmio e reconhecimento do terceiro setor.

Sobre o Google.org

O Google.org, braço filantrópico do Google, apoia organizações sem fins lucrativos voltadas a questões humanitárias e aplicam inovação escalável e orientada por dados para solucionar os maiores desafios do mundo. Aceleramos seus progressos conectando-as a uma combinação única de apoio que inclui financiamento, produtos e conhecimentos técnicos de voluntários do Google. Buscamos nos envolver com as pessoas que fazem acontecer, causando impacto positivo para as comunidades que representam, e cujo trabalho tem potencial de produzir mudanças significativas. Queremos um mundo que funcione para todos – e acreditamos que tecnologia e inovação são peças fundamentais para este objetivo.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111021 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]