Diversificação de cultivos e tecnologia na produção aumentam rentabilidade de cooperativa da Bahia

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Produções da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo.
Produções da Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo.

Com uma atuação pautada na utilização das tecnologias e na organização da produção, a Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo

Neves (COOPATAN) está elevando significativamente os índices de produtividade, com uma produção diversificada, contribuindo para impulsionar a economia da região do Baixo Sul da Bahia.

Atualmente, os 345 associados produzem diversas variedades, entre elas, mandioca, milho, banana, pitaya, abacaxi, abacate, maracujá e palmito. Mas a cooperativa se destaca no mercado com a produção e o beneficiamento de banana-da-terra, que dá lugar ao Nego Bom e à Banana Chips, comercializados com a marca Itabaiana.

Em 2020, foram processadas 1.756 toneladas da fruta, com uma produtividade média de 33 toneladas de banana por cooperado(a). O produto entregue na cooperativa passa por um processo de higienização e controle de qualidade e recebe um selo com QR Code, que garante segurança e qualidade para o consumidor final, e que traz informações como a identificação do produtor e a área onde a banana foi colhida.

Foi também expressiva a produção de mandioca, com 2.718 toneladas. Uma média de 27 toneladas por cooperado. Na cooperativa, a mandioca vira beiju e farinha, também com a marca Itabaiana e a massa para tapioca da marca Realeza.

A Coopatan comercializa seus produtos em redes de supermercados nacionais e regionais de toda a Bahia e, apesar de ter destaque em Salvador, tem também expressiva presença no interior. São cerca de 1.600 clientes em todo o estado. Atua também nos estados do Espírito Santo, Sergipe e Distrito Federal. Entre as cooperativas baianas da agricultura familiar, a Coopatan possui o maior faturamento anual, com R$ 20,6 milhões.

“Consumo a goma de beiju Realeza toda semana. É bem hidratada e saborosa. O doce Nego Bom, por ser feito da banana-da-terra, tem um sabor especial, e a Banana Chips é leve, crocante e natural. A farinha de mandioca Itabaiana é do meu consumo diário, tem uma textura fina e torradinha. Todos produtos são muito saborosos”, afirma a promotora de vendas Noemi Santana, consumidora dos produtos da Coopatan.

Investimentos melhoram a gestão

A Coopatan está recebendo investimentos do Governo do Estado, via Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). São R$3,6 milhões, aplicados, desde 2018, na melhoria da gestão, com adequação dos processos, redução de riscos, operacionalização dos negócios e elevação dos resultados econômicos.

Além disso, o projeto investiu na adaptação da agroindústria, para a produção de nova linha de produtos, uma antiga exigência do mercado. As ações possibilitaram a chegada de novos clientes e novas parcerias, o que fez aumentar, significativamente, o número de compradores e, consequentemente, o volume de vendas.

Com os recursos, foi implantada uma unidade de beneficiamento de mandioca, banana e milho, na localidade de Moenda, em Tancredo Neves. Houve adequação nas embalagens dos produtos, foram adquiridos veículos para apoiar a colheita e na logística de distribuição, além de uma empilhadeira. Também foi implantado um biodigestor e adquiridos equipamentos de grande porte como três caminhões com roll on roll off, sistema que permite, por intermédio de um chassi com rodas, que a carga entre e saia usando meios próprios.

A unidade agroindustrial tem capacidade de processamento de 247 toneladas por mês de mandioca, 30 de aipim, 159 de banana e 5.240 unidades de abacaxi, atendendo a 155 agricultores familiares, que entregam sua produção, além de gerar 22 empregos diretos e 15 indiretos.

A estratégia de mercado adotada pelo Bahia Produtiva incentivou a melhoria nos processos de produção da Coopatan, modernizando as atividades que sustentam a rastreabilidade dos produtos. A reformulação da estratégia de branding da cooperativa a reposicionou em mercados mais competitivos, com um mix mais atraente, atento às tendências do mercado consumidor, cada vez mais exigente em produtos “glúten free” e com origem em cadeias produtivas sustentáveis.

O presidente da Coopatan, Juscelino Macedo, destaca o papel do Bahia Produtiva no crescimento da cooperativa: “Esses investimentos fizeram com que a cooperativa acessasse e chegasse aos grandes mercados, aumentou nosso giro, foi uma grande conquista e ela vai atender mais pessoas, gerar mais renda para os cooperados e para comunidade. Foi graças a esse recurso que, mesmo em meio à pandemia, nosso faturamento aumentou 50% em 2020 e deve ser ainda melhor neste ano”.

Onde encontrar os produtos Coopatan

Os produtos da Coopatan podem ser adquiridos nas redes: Big/Walmart, Sam’s Club, Perini, Gbarbosa, Pão de Açúcar e Extra.

Doces de banana produzidos pela Agricultura Familiar da Bahia.
Doces de banana produzidos pela Agricultura Familiar da Bahia.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113876 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]