Desaprovação do Governo Bolsonaro se mantém recorde há dois meses, aponta pesquisa

Presidente Jair Bolsonaro promove gestão ruim ou péssima para 50% dos brasileiros, segundo pesquisa EXAME/IDEIA publicada nesta sexta-feira (21/05/2021)
Presidente Jair Bolsonaro promove gestão ruim ou péssima para 50% dos brasileiros, segundo pesquisa EXAME/IDEIA publicada nesta sexta-feira (21/05/2021)

Para 50% dos brasileiros, o governo do presidente Jair Bolsonaro é ruim ou péssimo. O dado é da mais recente pesquisa EXAME/IDEIA publicada pelo site da revista Exame nesta sexta-feira (21/05/2021). Segundo o levantamento, o valor está neste patamar há dois meses, período em que oscila dentro da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos

A pesquisa ainda aponta que a avaliação da gestão está no seu pior momento desde que começou, em janeiro de 2019. Para 24%, o governo é ótimo ou bom. Outros 22% o classificam como regular. O levantamento ouviu 1.200 pessoas entre os dias 19 e 20 de maio.

Segundo a publicação, “a principal insatisfação da população é a morosidade no processo de vacinação contra a covid-19”. Na última quinta-feira (20), o Brasil atingiu a marca de 40 milhões de vacinados contra a Covid-19 com ao menos uma dose da vacina. No total, 40.365.246 pessoas receberam a primeira dose da vacina, de acordo com os dados do consórcio dos veículos de imprensa. O número equivale a 19,06% da população.

A aprovação do governo Bolsonaro também caiu entre os evangélicos, grupo que representa forte apoio. Em janeiro, 45% avaliavam a gestão como boa ou ótima. No levantamento desta sexta, o número caiu para 39%.

*Com informações do Yahoo Notícias.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112592 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]