CMB lança edição 2021 da campanha ‘Respeite nossas meninas’

Cartaz da edição 2021 da campanha 'Respeite nossas meninas'.
Cartaz da edição 2021 da campanha 'Respeite nossas meninas'.

A Confederação Maçônica da Bahia (CMB) lançou a edição 2021 da campanha ‘Respeite nossas meninas’. A iniciativa objetiva incentivar a população a denunciar, através do disque 100, situações em que ocorrem suspeita de abuso de crianças e adolescentes.

A data de ’18 de Maio’ marca o ‘Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’. Ela é parte do calendário oficial e objetiva incentivar a sociedade a promover o respeito ao próximo e o repúdio aos atos de violência contra os menores.

A data oficial de enfrentamento à criminalidade contra os menores foi instituída em 1988, motivada por um crime ocorrido no dia 18 de maio de 1973, quando uma menina de oito anos foi sequestrada, drogada, espancada, violentada e morta no Brasil.

Filme comovente

Na Netflix, o filme ‘Eu sou todas as meninas’, lançado em 14 de maio de 2021, com direção de Donovan Marsh, mostra como crianças sequestradas na África do Sul sofrem, violentamente, nas mãos dos captores e são mandas como escravas para outros países. No subtexto da obra, a redenção através do esforço físico e da educação, conjugado com a necessidade de promover justiça contra os algozes.

Confira vídeo

Cartaz da edição 2021 da campanha 'Respeite nossas meninas'.
Cartaz da edição 2021 da campanha ‘Respeite nossas meninas’.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9750 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).