Circo dos Horrores: Vereador Fernando Torres ataca Pedro Américo e qualifica como covarde; Pronunciamento ocorreu na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana

Vereador Fernando Torres protagoniza mais um espetáculo dos ‘Circo dos Horrores’ ao qualificar Pedro Américo como covarde e mandar recado para Colbert Martins Filho, prefeito de Feira de Santana.
Vereador Fernando Torres protagoniza mais um espetáculo dos ‘Circo dos Horrores’ ao qualificar Pedro Américo como covarde e mandar recado para Colbert Martins Filho, prefeito de Feira de Santana.

Durante sessão plenária ocorrida nesta quarta-feira (19/05/2021), aos gritos, o vereador Fernando Torres (PSD), presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana (CMFS), contestou as denúncias do edil Pedro Américo (DEM) feitas no dia anterior, ao declarar que a presidência do legislativo age com autoritarismo, truculência, ameaça e conflito, e que não está realizando o pagamento do vale transporte de servidores comissionados. O denunciante questionou possíveis vantagens de até R$ 30 mil recebidas por alguns parlamentares.

Comportamento típico do extremista Fernando Torres, os gritos, ameaças e tentativas de intimidação se repetiram durante o pronunciamento feito contra o vereador Pedro Américo.

O ápice da verborragia do presidente da CMFS foi qualificar o colega Pedro Américo de covarde e mandar recados intimidatórios para o prefeito Colbert Martins Filho (MDB).

O Ministério Público da Bahia (MPBA) deve estar atento ao comportamento beligerante de Fernando Torres, haja vista que familiar em primeiro grau do extremista foi condenado e cumpriu pena em regime fechado por tentativa de homicídio, fato que talvez explique o recorrente discurso de violência proferido pelo presidente do legislativo municipal.

Leia +

Vereador Pedro Américo critica conduta de Fernando Torres e avalia como truculenta a presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana; Parlamentar denuncia vantagens indevidas

Vereadora Eremita Mota contesta Pedro Américo, defende Fernando Torres e demonstra ética seletiva misturada com dissociação cognitiva do que se passa na Câmara Municipal de Feira de Santana

Confira vídeos

Sobre Carlos Augusto 9513 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).