‘Solos em Todos os Solos’ reúne monólogos encenados por artistas baianas com apresentação virtual

Cena do espetáculo 'A mulher que matou os peixes'.
Cena do espetáculo 'A mulher que matou os peixes'.

“Solos em Todos os Solos”, projeto digital de apresentação, valorização e conexão de monólogos de artistas das artes cênicas, chega a sua segunda edição. Com o sucesso da estreia no último fim de semana, o projeto apresenta uma mostra com 7 espetáculos soteropolitanos, quatro oficinas e lives com diálogos com as equipes dos espetáculos até o dia 10 de abril de 2021.

Nesta semana, entram em cartaz os espetáculos “Sobretudo Amor”, com a atriz e dramaturga Mônica Santana, que será apresentado no dia 27 de março, às 19 horas, e o espetáculo infantil “A Mulher que Matou os Peixes”, com atuação de Maira Lins e direção de Djalma Thürler, com apresentação no dia 28 de março, às 15 horas.

Diante do atual cenário de isolamento social e estabelecendo um projeto de veiculação virtual, os artistas adaptaram seus trabalhos ao formato digital e criaram novas maneiras de realizarem suas ações artísticas. As encenações serão exibidas no fim de semana no canal do YouTube www.youtube.com/territoriosirius.

Na sexta-feira, dia 26 de março, o projeto promove o “Encontro Solos” no qual o coordenador do projeto Fábio Vidal irá conversar com as atrizes Mônica Santana e Maira Lins. O encontro virtual será realizado no Instagram @siriusterritorio.

Com o propósito de formação e trocas, os participantes do projeto ministrarão oficinas abertas ao público. Nas próximas semanas serão realizadas a Oficina de autoprodução artística, com o encenador Fábio Vidal e Oficina de elaboração de projetos, apresentada pela produtora cultural Ana Paula Vasconcelos que buscam trazer informações para profissionalizar a atuação de artistas, produtores e estudantes no campo das artes cênicas. As inscrições estão abertas no site www.territoriosirius.com.br/solos.

“Solos em Todos os Solos” é uma realização do Território Sirius e Multi Planejamento Cultural, contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Mattos, Prefeitura Municipal de Salvador, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com recursos oriundos da Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal.

Espetáculos

“Sobretudo amor”

Ao unir a voz e vivências da autora e diretora Mônica Santana com as vozes e perspectivas de mulheres entrevistadas, o espetáculo revela a intimidade e questionamentos com o único intuito de aproximar e dialogar com o público sobre vivências e experiências, construindo juntos suas cartas, memórias e ritual. “Sobretudo amor” promove uma conversa da criadora com essas mesmas vozes, que impregnaram a obra – ao falar de si, de solidão, de encontro e de coletividade.

“A mulher que matou os peixes – Uma pop-bossa samba’n roll”

No espetáculo, baseado no texto de Clarice Lispector, uma mãe e escritora revela seu descuido com os peixes de estimação de seu filho, ato que resultou na morte dos dois “vermelhinhos” e, durante toda a peça, tenta conquistar o espectador por meio de microrrelatos em que apresenta sua convivência com diversos animais, em situações de grande musicalidade, lirismo e identificação. O monólogo conta com roteiro e direção de Djalma Thürler e atuação da atriz e cantora Maira Lins.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108849 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]