Quinta Câmara Cível do TJBA presta homenagem póstuma à Manoel de Deus Miranda Saraiva, irmão do desembargador Baltazar Miranda Saraiva

Moção de Pesar.
Moção de Pesar.

O desembargador Jatahy Júnior, presidente da Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), apresentou na terça-feira (20/04/2021) ‘Moção de Pesar’ em memória do empresário Manoel de Deus Miranda Saraiva, morto aos 75 anos de idade, no dia 16 de abril, na cidade de São Paulo, em decorrência da Covid-19.

O comerciante Manoel de Deus era irmão do desembargador Baltazar Miranda Saraiva, ex-presidente da Quinta Câmara Cível.

A homenagem póstuma foi aprovada à unanimidade dos membros da Câmara, que estenderam condolências à genitora Aneci Miranda Castelo Branco, irmãos, irmãs e demais familiares.

A Moção de Pesar

Aos 20 de abril de 2021, 13:30h, reuniram-se na Sala das Sessões (virtuais) os membros da Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, integrada pelos Excelentíssimos Senhores Desembargadores José Edivaldo Rocha Rotondano, Márcia Borges Faria, Edmilson Jatahy Fonseca Júnior, Carmem Lúcia Santos Pinheiro, Baltazar Miranda Saraiva, Raimundo Sérgio Sales Cafezeiro e Aldenilson Barbosa dos Santos, para julgamento dos feitos contantes da pauta de julgamento, onde se fizeram presentes o Excelentíssimo Senhor Desembargador José Soares Ferreira Aras Neto, Excelentíssimo Senhor Juiz de Direito Substituto de Segundo Grau José Luiz Pessoa Cardoso e a Juíza Substituta de Segundo Grau Adriana Sales Braga, bem como a Excelentíssima Senhora Procuradora de Justiça, Doutor Márcia Regina dos Santos Virgens, membro efetivo do Ministério Público do Estado da Bahia.

Iniciada a sessão de julgamento e todos consternados com a perda irreparável do Ilustríssimo senhor Manoel de Deus Miranda Saraiva, irmão do Excelentíssimo Senhor Desembargador Baltazar Miranda Saravia, os integrantes da Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia aprovaram, unanimemente, moção apresentada pelo Excelentíssimo Senhor Desembargador Edmilson Jatahy Fonseca Júnior, de pesar e solidariedade à família enlutada.

Visivelmente abalado, o excelentíssimo senhor desembargador Baltazar Miranda Saraiva, externou profunda tristeza, traduzida nas seguintes palavras:

— Meus sinceros sentimentos a todos os parentes, principalmente minha querida mãezinha Aneci Miranda Castelo Branco, meus irmãos Maria do Socorro Miranda Saraiva, José Miranda Saraiva, Maria de Jesus Miranda Saraiva, Pedro Santos de Miranda, Maria Aparecida Miranda Saraiva e Valentim Miranda Saraiva a esposa Joaquina Saraiva suas filhas Paloma, Adriely, Melissa, Anne, Manuela e Sarah. Sinto uma dor muito grande neste momento.

— Ele foi um guerreiro. Sempre acolheu muito bem a família. Uma vez salvou minha vida de um possível afogamento aqui na Bahia. Muito triste a notícia. Que Deus conforte o coração de todos nesse momento de extrema dor. Que Deus o receba de braços abertos, assim como ele Manoel sempre recebeu a todos.

— Manoel de Deus era comerciante e tinha 75 anos de idade. Contraiu a Covid-19, vindo a falecer aos em 16 de abril de 2021

— Registrou o desembargador Baltazar Miranda Saraiva.

Desembargador Edmilson Jatahy Fonseca Júnior, presidente da Quinta Câmara Cível

Cidade do Salvador, 20 de abril de 2021

Sobre Carlos Augusto 9522 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).