Governo Colbert Martins quer explicações sobre notas fiscais emitidas pela empresa gestora do Hospital de Campanha de Feira de Santana; Em tese, existe suspeita de superfaturamento

O Governo Colbert Martins está solicitando da empresa que administra o Hospital de Campanha de Feira de Santana explicações acerca de inconsistências em algumas notas fiscais apresentadas na prestação de contas. O objetivo é fazer apurações que sejam necessárias, tendo em vista que a Prefeitura Municipal tem a responsabilidade de fiscalizar a aplicação dos recursos financeiros. Em tese, existe suspeita de superfaturamento.

A unidade é gerida por uma empresa privada escolhida mediante licitação. Porém, com o dever de fiscalização, o prefeito Colbert Martins garante que não hesitará em usar de todos os meios legais, se necessário for, para fazer apurações e coibir qualquer irregularidade.

“O Hospital de Campanha está fazendo um ano de funcionamento e é permanente a verificação da aplicação dos recursos. Nossa contabilidade percebeu inconsistências em algumas notas e o pedido de explicação não se trata de nenhum prejulgamento, mas tão somente um procedimento normal  para zelar pela transparência”, salienta o prefeito Colbert Martins.

Confira vídeo

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108873 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]