Complexo Educacional Poliesportivo e campo de futebol serão construídos em Ipecaetá; Reunião entre o prefeito Júnior Piaggio e representantes da Sudesb definiu investimento

Ilustração do Complexo Educacional Poliesportivo que será construído pela Sudesb em Ipecaetá.
Ilustração do Complexo Educacional Poliesportivo que será construído pela Sudesb em Ipecaetá.

Após garantir ao Governo do Estado a área ideal para a construção do moderno Complexo Educacional Poliesportivo, projeto que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Educação, o município de Ipecaetá,  localizada a 171 quilômetros da capital baiana, vai também ganhar um novo campo de futebol.

Detalhes do convênio que irá viabilizar a construção do equipamento para a prática do futebol, a ser firmado em breve com a Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia vinculada a Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda, foram discutidos em reunião realizada na tarde desta segunda-feira, 19, entre o diretor da autarquia estadual do Esporte, Vicente Neto, e o prefeito do município, Júnior Piaggio, que esteve acompanhado do secretário municipal de Esporte, Rogério Oliveira.

Os dois equipamentos serão construídos praticamente em áreas centrais da cidade. O complexo educacional ocupará uma extensão de 12 mil metros quadrados, enquanto o campo de futebol uma área de nove mil metros quadrados. Os dois espaços foram desapropriados pela gestão do prefeito Piaggio com vistas a reforçar as áreas educacional e esportiva do município.

Júnior Piaggio, prefeito de Ipecaetá; Vicente Neto, diretor da Sudesb e Rogério Oliveira, secretário municipal de Obras.
O campo, a ser construído no bairro Portal da Cidade, foi pauta de reunião entre a Sudesb e o prefeito de Ipecaetá. Na imagem, Júnior Piaggio, prefeito de Ipecaetá; Vicente Neto, diretor da Sudesb e Rogério Oliveira, secretário municipal de Obras.
Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9378 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).