Brasil tem 2.922 mortes por covid-19 em 24 horas

Brasil soma agora 328 mil óbitos ligados ao coronavírus. Mais 70 mil novos casos da doença são confirmados, e total de infectados vai a 12,9 milhões desde o início da pandemia.
Brasil soma agora 328 mil óbitos ligados ao coronavírus. Mais 70 mil novos casos da doença são confirmados, e total de infectados vai a 12,9 milhões desde o início da pandemia.

O Brasil registrou oficialmente 2.922 mortes ligadas à covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) nesta sexta-feira (02/04/2021).

Também foram identificados 70.238 novos casos da doença. Com isso, o total de infecções no país subiu para 12.910.082, enquanto os óbitos chegam a 328.206.

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

O Conass não divulga número de recuperados. Segundo o Ministério da Saúde, 11.239.099 pacientes haviam se recuperado até a noite de quinta-feira.

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 156,2 no Brasil.

Em números absolutos, o Brasil é o segundo país do mundo com mais infecções e mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam mais de 30,59 milhões de casos e mais de 553 mil óbitos.

Ao todo, mais de 129,9 milhões de pessoas já contraíram oficialmente o coronavírus no mundo, e 2,83 milhões de pacientes morreram.

*Com informações do DW.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9609 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).