Antes de serem entregues a traficantes, tio e sobrinho mortos na Bahia pediram dinheiro para pagar carne no mercado

Tio e sobrinho foram encontrados mortos no porta-malas de um carro, com sinais de tortura e tiros, na segunda-feira (26/04/2021), no bairro de Brotas, em Salvador.
Familiares de Ian Barros Silva, 19, e seu tio, Bruno Barros Silva, 29, contaram que eles pediram dinheiro para pagar os produtos que supostamente teriam furtado de um supermercado na Bahia.

Familiares de Ian Barros Silva, 19, e seu tio, Bruno Barros Silva, 29, contaram que eles pediram dinheiro para pagar os produtos que supostamente teriam furtado de um supermercado na Bahia. Caso contrário, Bruno disse que seguranças do local os entregariam para traficantes.

Tio e sobrinho foram encontrados mortos no porta-malas de um carro, com sinais de tortura e tiros, na última segunda-feira (26/04/2021), no bairro de Brotas, em Salvador.

Segundo os familiares, após serem acusados de furto de carne no supermercado Atakarejo, localizado no bairro de Amaralina, em Salvador, os dois teriam sido entregues a traficantes por funcionários do estabelecimento.

Ao jornal Correio 24 horas, Elaine Costa Silva, mãe de Ian, explicou que Bruno chegou a entrar em contato com uma amiga pedindo que conseguisse R$700 para pagar as carnes que eles teriam furtado e dizendo que os seguranças estavam entregando os dois a traficantes.

“Ele ligou de dentro do mercado pelo WhatsApp, porque nem crédito ele tinha no celular, pedindo R$ 700 para pagar as carnes, mas não deu nem tempo da gente ir até lá. Ele falou ‘os seguranças já estão me entregando para os bandidos, pelo amor de Deus não me deixa ser morto’”, disse Elaine.

“Foram mais de 10 bandidos, todos armados”, diz testemunha

Nas redes sociais circulam imagens dos homens mantidos presos pelos seguranças antes de serem entregues ao tráfico.

Em uma delas, é possível ver que os dois estão agachados numa área interna do estabelecimento, ao lado dos produtos que teriam sido furtados e de um homem, apontado como segurança da loja. Em outra, o tio e sobrinho estão sentados numa escadaria do Boqueirão — local do crime.

Um amigo das vítimas, que preferiu não se identificar, detalhou o momento do crime. “Foram mais de 10 [bandidos], todos armados, e levaram eles para o Boqueirão. Lá, deram mais de 30 tiros de metralhadoras, pistolas, escopeta e ainda deram facadas”, disse.

Bruno Barros da Silva, 29 anos, e seu sobrinho, Ian Barros da Silva, 19 foram encontrados mortos no porta-malas de um carro, com marcas de tortura na segunda-feira (Foto: Reprodução)

Empresário milionário

O supermercado Atakarejo pertence a Teobaldo Costa, empresário que tentou carreira política na última eleição. Ele se candidatou a prefeito da cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador.

Considerado um dos maiores empresários da Bahia, em 2019, Teobaldo Costa investiu 60 milhões de reais na abertura de uma loja do grupo Atakarejo, localizada em Camaçari.

Ao jornal Correio 24 horas, a rede de supermercado informou que “o Atakarejo é cumpridor da legislação vigente, e atua rigorosamente comprometido com a obediência às normas legais. Não compactua com qualquer ato em desacordo com a lei”.

O que diz a polícia

De acordo com a Polícia Civil, a motivação do crime está relacionada ao tráfico de drogas e que ainda não é possível confirmar a relação entre o furto ao supermercado e os homicídios.

A facção criminosa que comanda o tráfico no bairro do Nordeste de Amaralina é o Comando Vermelho, grupo criminoso carioca que passou a comandar as atividades ilícitas na região no ano passado.

*Com informações do Yahoo Notícias.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108679 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]