SEDUC de Feira de Santana divulga protocolo sanitário visando a retomada pedagógica e anuncia 330 salas multimídias para suporte às aulas não presencial

secretária da Educação, Anaci Paim vistoria escolas da Rede Municipal de Feira de Santana.
secretária da Educação, Anaci Paim vistoria escolas da Rede Municipal de Feira de Santana.

A Secretaria de Educação está ultimando preparativos para a retomada pedagógica na Rede Municipal, de forma remota. Um conjunto de diretrizes e medidas que deverão ser observadas pelos estudantes e professores está sendo divulgado. Na última sexta-feira (05/03/2021), elas foram reunidas no Protocolo Sanitário de Retorno às Atividades Escolares em Feira de Santana, publicado no decreto de nº 12.034.

A secretária da Educação, Anaci Paim, esclarece que, apesar de a retomada se dar neste momento na modalidade não presencial, “é fundamental estabelecer o protocolo, uma vez que a escola funcionará em regime de plantão e receberá um grupo de alunos com dificuldade de acesso às plataformas digitais e/ou internet”, observa.

As medidas de higienização, ventilação, adequação elétrica e hidráulica e condutas de convivência nos espaços escolares são imprescindíveis para a retomada segura das atividades pedagógicas – tanto na modalidade não presencial, quando haverá algum tipo de atendimento aos alunos, quanto para o período em que seja possível o retorno de outra forma.

Implementação do protocolo

A SEDUC está fazendo adequações na estrutura física das escolas, como a instalação de lavatórios na entrada ou nos pátios com a oferta de sabonete líquido; revisão das redes elétrica e hidráulica; e abertura de janelas nas salas de aulas onde haja pouca ventilação. Os espaços também serão demarcados com sinalização a fim de assegurar o distanciamento entre os alunos.

As máscaras passam a ser obrigatórias. Por isso, serão distribuídas quatro unidades para cada integrante da escola – estudantes, professores e servidores efetivos. Além da disponibilização de álcool em gel 70% e/ou álcool 70% para todos os membros da unidade escolar. Cuidados como a aferição da temperatura serão adotados no início de cada turno de aula.

Os ambientes devem ser bem higienizados e desinfetados no início de cada turno de funcionamento, aumentando a intensidade e frequência da limpeza, principalmente dos equipamentos com maior frequência de contato, a exemplo de bancadas, mesas, cadeiras, maçanetas, corrimões, elevadores, pias e vasos sanitários.

Orientações

Para a disseminação das informações e medidas adotadas no protocolo, a Seduc elaborou documentos orientadores que serão disponibilizados de forma virtual e também impressa, para as famílias, os alunos, os profissionais da Educação e todo o pessoal de apoio das unidades escolares.

Os profissionais da educação continuarão participando das formações continuadas a fim de conhecer as orientações propostas pela Secretaria.

“Estamos adotando todas as providências para garantir mais eficiência em suas rotinas e para viabilizar um ambiente pedagógico propício para o desenvolvimento das ações”, pontuou a secretária Anaci Paim.

SEDUC vai implantar 330 salas multimídias para suporte às aulas não presencial

Na retomada das aulas na Rede Municipal, os estudantes que não dispõem de recursos digitais em casa, entre os quais, computador, notebook ou celular, e têm dificuldade de conectar-se à internet terão acesso a 330 salas multimídias que já estão sendo montadas nas 206 escolas da Rede Municipal de Educação, distribuídas entre a sede e os oito distritos.

As salas multimídias serão equipadas com dois mil chromebooks adquiridos recentemente pela Prefeitura de Feira de Santana e cerca de 1.100 computadores.

“A quantidade de salas multimídias por escola está definida de acordo com a matrícula e o porte da unidade de ensino”, explica a secretária de Educação, professora Anaci Paim. “Algumas escolas terão até cinco salas”.

Os espaços vão funcionar diariamente para atender aos estudantes, com a garantia de suporte para o acesso às tecnologias da educação. Os alunos vão ser acompanhados pelos funcionários da escola durante o tempo em que permaneçam na unidade de ensino – desde a recepção, consulta à plataforma e download de informações que poderão ser levadas para casa. Outra possibilidade é levar o material impresso para ser consultado em casa”, orienta a professora Anaci.

Os estudantes vão ser atendidos em horários pré-estabelecidos e por escalas a fim de obedecer ao distanciamento social. Terão acesso à sala multimídia em grupos de dez e também será garantido o espaço adequado para a realização de atividades pedagógicas enquanto aguardam a família.

A cada escala de atendimento haverá serão programados intervalos para higienização dos ambientes, conforme recomenda o protocolo de prevenção à Covid-19. Todas as escolas seguirão ainda o protocolo de biossegurança, observando o uso de máscara, o distanciamento social e a conduta de higienização das mãos e dos espaços.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108699 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]