Saúde mental: Feira de Santana ganha unidade de internação psiquiátrica integral; Atendimento é oferecido pela Quíron

Sediada em Feira de Santana, Clínica Quíron é especializada em saúde mental.
Sediada em Feira de Santana, Clínica Quíron é especializada em saúde mental.

A população de Feira de Santana, no centro-norte da Bahia, e sua região metropolitana (RMFS) passa a contar com uma maior atenção e apoio à saúde mental. A Quíron inaugura, nesta terça-feira (02/03/2021), uma unidade privada de internação psiquiátrica em tempo integral, no bairro Santa Mônica. O objetivo é acolher as demandas dos pacientes que se encontram em crise aguda.

A unidade privada de internação psiquiátrica integral conta com 19 leitos e uma equipe multidisciplinar, formada por médico psiquiatra, psicólogo, enfermeira, assistente social, terapeuta ocupacional, farmacêutico e técnico de enfermagem, além de educador físico e professor de dança.

A Quíron, que tem 130 pacientes matriculados no seu hospital dia – o primeiro de Feira de Santana, fundado em 2014 – e realiza 1.700 atendimentos ambulatoriais por mês, conta ainda com uma estrutura de oito consultórios, farmácia, refeitório, além de salas de atividades em grupo, como expressão corporal, ginástica, exibição de filmes, trabalhos manuais e arteterapia, além de piscina para realização de atividades ao ar livre.

“Fizemos uma pesquisa há sete anos e nela constatamos que Feira de Santana e seu entorno era uma das regiões mais carentes em cuidados de saúde mental do interior do estado. Nossa intenção é cuidar das pessoas que se encontram em sofrimento psíquico, e levar a saúde mental para mais perto da população deste município e região metropolitana. Trabalhamos com psiquiatria preventiva e terapêutica com profissionais especializados, sendo a nossa abordagem humanizada, um aspecto do cuidado que nos diferencia”, ressalta Vivian Pires, diretora executiva e sócia fundadora da Quíron.

Silvana Figueirôa, diretora médica e sócia da Quíron, destaca que a instituição está preparada com instalações para internamento em regime integral, com médicos de plantão 24 horas por dia. Ela explica que o paciente poderá ser atendido por demanda espontânea ou encaminhado por algum profissional de saúde. “Ao chegar, o paciente será avaliado por um médico que fará a indicação da melhor conduta naquele momento, determinando se existe indicação para internamento em regime integral, parcial ou se o mesmo necessita de atendimento a nível ambulatorial. A nossa intenção é sempre que o paciente seja encaminhado para o tratamento mais adequado para a sua pessoa neste momento e que ele evolua da melhor forma possível. O nosso programa de saúde mental é completo, com internação integral, hospital dia e tratamento ambulatorial”, completa.

Quarta onda

A chamada de “quarta onda” da Covid-19, que é a ampliação de problemas como ansiedade, depressão, fobia, entre outros, acendeu um sinal de alerta sobre a saúde mental da população mundial.  De acordo com uma pesquisa do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), 51% das pessoas consultadas afirmaram que a pandemia teve um impacto negativo na sua saúde mental.

Vivian Pires ressalta que já estamos vivendo este momento. A diretora executiva da Quíron afirma que, desde o início da pandemia, houve um aumento significativo do adoecimento mental das pessoas. Os fatores implicados nesse processo são o isolamento social necessário para conter o alastramento do vírus, as perdas econômicas, o medo e as incertezas quanto ao desfecho da crise global, além de vulnerabilidade biológica individual, herança genética e hábitos de vida aumentam as chances de o indivíduo adoecer.

“A Quíron neste cenário surge como um farol em toda a região de Feira de Santana. A pessoa que se sente vulnerável e que esteja vivendo as consequências da quarta onda encontrará um acolhimento humano no nosso atendimento. Agora a Quíron amplia seu espaço, oferecendo todos os dispositivos da saúde mental, com tratamento robusto, humanizado e completo”, finaliza Vivian Pires.

Profissionais da Clínica Quíron de Feira de Santana.
Profissionais da Clínica Quíron de Feira de Santana.
Instalações da Clínica Quíron de Feira de Santana.
Instalações da Clínica Quíron de Feira de Santana.
Sobre Carlos Augusto 9448 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).