Salvador: Shows, espetáculos ao vivo e protagonismo marcam o Festival de Arte de Mulheres Negras

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Cartaz anuncia Festival de Arte de Mulheres Negras.
Cartaz anuncia Festival de Arte de Mulheres Negras.

Pelo segundo ano consecutivo e ainda em período de isolamento social, o Festival de Arte de Mulheres Negras – ÌYÁ’S acontecerá ao vivo no mês de março, através da plataforma online do Teatro Gamboa Nova e, promove shows, mesas temáticas, oficinas formativas, apresentações de espetáculos solos de atrizes negras da cena baiana, além de um webinário sobre concepção e produção, toda programação acontece do dia 3 a 28 de março de 2021. O objetivo do festival é enaltecer e visibilizar narrativas, estéticas e o trabalho de profissionais negras do cenário cultural baiano.

As obras que irão compor o Festival ÌYÁ’S são os monólogos: Entre Linhas, de Jaqueline Elesbão; Isso não é uma mulata, de Mônica Santana; Medéia Negra, de Márcia Lima; Reza, de Andreia Fábia; Rosas Negras, de Fabíola Nansurê; Sobejo, de Eddy Veríssimo; VI (elas), de Inah Irenan; Burcas, de Lene Nascimento; Cachiá, de Kléssia Rillen; A ação 2 em 1: com Marly, de Camila Loyásicam e Memórias Imaginadas das Terras Por onde Andei, de Dani de Iracema. As apresentações musicais ficam por conta de Mariar – Um Mar de Poesia com Emillie Lapa e Natalyne Santos, Denise Correia e Banda NaVeiaDaNêga.

O webinário e as mesas temáticas, serão transmitidas por meio do canal do Youtube do Estudos em Teatro Negro, e trazem assuntos como o Teatro de Guerrilha e Protagonismo Feminino negro, Trajetória da Mulher Negra Insurgente e Poéticas e Estéticas de Mulheres Negras. Já as oficinas serão de voz com Márcia Limma, produção cultural com Juliana Monique e Eddy Veríssimo e dramaturgia com Onisajé.

A ancestralidade negra e o protagonismo feminino são as marcas do evento que, como o próprio nome diz e faz jus, ÌYÁ ‘S – Festival das Mulheres Negras, também é composto por uma equipe técnica, produção e artística majoritariamente negra e feminina.

O entretenimento através da arte de profissionais negras é uma referência cultural, artística e política, pois de acordo com a Diretora de Produção do festival Juliana Monique “o Festival ÌYÁ’S é a potência de vida negra feminina que emerge das nossas urgências de ser, sentir, existir e re- existir”, afirma. O público poderá adquirir os ingressos a preços populares de R$ 10 e R$20 e se inscrever nas oficinas através da linklist do festival ou por meio da plataforma do Teatro Gamboa Nova.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Agenda

O quê: ÌYÁ’S – Festival de Arte de Mulheres Negras

Quando: 3 a 28 de março, às 19 horas

Onde: Plataforma Virtual do Teatro Gamboa Nova ou https://linklist.bio/festivaliyas

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113755 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]